Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 27 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Nacional

nacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Menina que recebeu prótese em parte do crânio passa bem


Do Diário OnLine
Com Agências

03/11/2003 | 19:10


A menina Stefani da Silva, 10 anos, que recebeu uma prótese de cimento cirúrgico para substituir a calota craniana, passa bem e deve receber alta entre terça ou quarta-feira.

Stefani da Silva foi internada em 20 de setembro, no Hospital Cristo Redentor (Porto Alegre). No dia 29, ela foi operada para a retirada de um tumor que já comprometera 50% da visão de seu olho esquerdo. Em 4 de outubro, ela sofreu uma parada respiratória em decorrência de edema cerebral e, após nova cirurgia, teve parte da calota craniana removida. O material deveria ser guardado em local adequado, para reimplante em 24 dias, mas foi descartado como lixo hospitalar.

O caso foi registrado na Polícia Civil, no Conselho Regional de Medicina e no Ministério Público. O superintendente do hospital, João Motta, informou que nesta segunda-feira teve início uma sindicância para apurar a falha. Também foi criada uma comissão que ficará responsável pela guarda e conservação de material humano no hospital.

O jornalista Jairo Miguel da Silva, pai da menina, disse que Stefani está se recuperando bem e tem conversado bastante. Ela afirma para o pai que quer voltar logo para casa.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Menina que recebeu prótese em parte do crânio passa bem

Do Diário OnLine
Com Agências

03/11/2003 | 19:10


A menina Stefani da Silva, 10 anos, que recebeu uma prótese de cimento cirúrgico para substituir a calota craniana, passa bem e deve receber alta entre terça ou quarta-feira.

Stefani da Silva foi internada em 20 de setembro, no Hospital Cristo Redentor (Porto Alegre). No dia 29, ela foi operada para a retirada de um tumor que já comprometera 50% da visão de seu olho esquerdo. Em 4 de outubro, ela sofreu uma parada respiratória em decorrência de edema cerebral e, após nova cirurgia, teve parte da calota craniana removida. O material deveria ser guardado em local adequado, para reimplante em 24 dias, mas foi descartado como lixo hospitalar.

O caso foi registrado na Polícia Civil, no Conselho Regional de Medicina e no Ministério Público. O superintendente do hospital, João Motta, informou que nesta segunda-feira teve início uma sindicância para apurar a falha. Também foi criada uma comissão que ficará responsável pela guarda e conservação de material humano no hospital.

O jornalista Jairo Miguel da Silva, pai da menina, disse que Stefani está se recuperando bem e tem conversado bastante. Ela afirma para o pai que quer voltar logo para casa.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;