Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 13 de Maio

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

'Minha relação não tem explicação'


Do Diário do Grande ABC

28/07/2007 | 10:54


Faculdade e casamento. Estes foram os fatores determinantes para Silvio Minciotti se mudar para São Caetano. Isso foi quando ele tinha 21 anos. Hoje, aos 59, é secretário de Comunicação da Prefeitura. “Comecei a me envolver com o município.”

“Tenho amigos aqui. Às sextas-feiras me reúno com eles, jantamos juntos. Não quero Pinheiros, Zona Sul de São Paulo, quero isso aqui. É aqui que tenho prazer.”

O afeto por São Caetano se estende à família. Foi na cidade que Minciotti – especializado em planejamento e marketing e requisitado por várias prefeituras – criou os dois filhos e agora curte os netos. “Minha relação com essa cidade não tem explicação”, resume.

A trajetória de Minciotti começa na área acadêmica. Formado em administração pela Universidade Imes, dá aulas em faculdades do Grande ABC e assume a direção da Imes em 1981, onde fica até 1989.

Em 2002, aceita convite do então ministro do Planejamento Alexis Stepanenko para conduzir o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). Os trabalhos em Brasília, São Paulo e Rio de Janeiro não o afastam de São Caetano. “Sempre sentia muita saudade.”

Política - O convívio com políticos, principalmente do PSDB, resultou em um convite inusitado, segundo ele. “Me escolheram para disputar as eleições a deputado federal, mas não entrei.”

O próximo passo foi a presidência da Fepasa (Ferrovia Paulista S.A.) e depois a Agência Reguladora de Transporte. “Me desgastei demais nesse período”, desabafa.

A saúde começou a dar sinais de que a rotina deveria mudar. Dono de uma agência de marketing, Minciotti voltou a dar aulas. “Foi quando o Auricchio (prefeito de São Caetano) me chamou para assumir a Agência de Desenvolvimento Econômico do Grande ABC, em 2005.”

Ficou no cargo até o início deste ano, quando mais uma vez mudou de ares: assumiu a Comunicação da Prefeitura de São Caetano, passando a viver 24 horas por dia na cidade que diz tanto gostar.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

'Minha relação não tem explicação'

Do Diário do Grande ABC

28/07/2007 | 10:54


Faculdade e casamento. Estes foram os fatores determinantes para Silvio Minciotti se mudar para São Caetano. Isso foi quando ele tinha 21 anos. Hoje, aos 59, é secretário de Comunicação da Prefeitura. “Comecei a me envolver com o município.”

“Tenho amigos aqui. Às sextas-feiras me reúno com eles, jantamos juntos. Não quero Pinheiros, Zona Sul de São Paulo, quero isso aqui. É aqui que tenho prazer.”

O afeto por São Caetano se estende à família. Foi na cidade que Minciotti – especializado em planejamento e marketing e requisitado por várias prefeituras – criou os dois filhos e agora curte os netos. “Minha relação com essa cidade não tem explicação”, resume.

A trajetória de Minciotti começa na área acadêmica. Formado em administração pela Universidade Imes, dá aulas em faculdades do Grande ABC e assume a direção da Imes em 1981, onde fica até 1989.

Em 2002, aceita convite do então ministro do Planejamento Alexis Stepanenko para conduzir o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). Os trabalhos em Brasília, São Paulo e Rio de Janeiro não o afastam de São Caetano. “Sempre sentia muita saudade.”

Política - O convívio com políticos, principalmente do PSDB, resultou em um convite inusitado, segundo ele. “Me escolheram para disputar as eleições a deputado federal, mas não entrei.”

O próximo passo foi a presidência da Fepasa (Ferrovia Paulista S.A.) e depois a Agência Reguladora de Transporte. “Me desgastei demais nesse período”, desabafa.

A saúde começou a dar sinais de que a rotina deveria mudar. Dono de uma agência de marketing, Minciotti voltou a dar aulas. “Foi quando o Auricchio (prefeito de São Caetano) me chamou para assumir a Agência de Desenvolvimento Econômico do Grande ABC, em 2005.”

Ficou no cargo até o início deste ano, quando mais uma vez mudou de ares: assumiu a Comunicação da Prefeitura de São Caetano, passando a viver 24 horas por dia na cidade que diz tanto gostar.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;