Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 26 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

|

Festa no palácio

O governador José Serra pensou em ir ao Palestra Itália para assistir ao clássico de domingo. Aconselhado por assessores, desistiu na...


Especial para o Diário

23/02/2010 | 00:00


O governador José Serra pensou em ir ao Palestra Itália para assistir ao clássico de domingo. Aconselhado por assessores, desistiu na última hora. Afinal seu time deu vexame na quarta-feira e o São Paulo era o grande favorito.

Palmeirense fanático, Serra resolveu ver o jogo na ala residencial do Palácio dos Bandeirantes. Reuniu amigos e familiares com a pulga atrás da orelha. Também não estava muito confiante no seu time.

O primeiro tempo assustou o governador porque o São Paulo foi melhor. Na segunda etapa, com a expulsão de Xandão no começo e do primeiro gol de Robert na sequência, o São Paulo entrou em parafuso e o Palmeiras tornou-se senhor da situação.

Ainda é muito cedo para antever qualquer coisa no Palestra Itália. E o governador sabe que a política interna muitas vezes atrapalha o próprio clube.

Como aconteceu no ano passado e em outras vezes o Palmeiras começa a perder campeonatos por causa das inúmeras brigas das diversas alas que acabam comprovadamente refletindo no elenco.

E não adianta ficar mudando de técnico.

EMENDAS À LEI PELÉ

Silvio Torres é um dos poucos deputados que se opõe ao forte lobby da CBF no Congresso Nacional. Seu trabalho comprova a sincera preocupação com a melhoria do esporte no País.

Torres fez algumas emendas ao texto final da nova Lei Pelé que merecem o apoio de todos nós. A principal delas é a que responsabiliza os dirigentes esportivos por gestão temerária e os obriga a arcar até com seu patrimônio pessoal para o pagamento de dívidas trabalhistas e fiscais.

Outras propostas interessantes foram apresentadas. Tomara que sejam aprovadas pelo plenário.

TRISTE FIM

Paul Gascoigne fez muito sucesso na década de 1990. Jogou no Newcastle, Tottenham, Lazio, Rangers, Middlesbrough, Everton, Burnley, Gansu Tianma e Boston United. E amealhou uma fortuna considerável.

Hoje, o atacante não tem onde morar. Luta contra o alcoolismo e depressão. Retrato deprimente de alguém que foi ídolo de tanta gente.

A Associação dos Jogadores Profissionais da Inglaterra deverá socorrer Gascoigne, que vive o mesmo drama de muitos jogadores despreparados para a fama e fortuna.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;