Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 12 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Cultura & Lazer

cultura@dgabc.com.br | 4435-8364

Erudito e feminino


Gislaine Gutierre
Do Diário do Grande ABC

07/07/2007 | 07:03


Inspiradora dos maiores compositores de todos os tempos, a mulher é o tema da 38ª edição do Festival Internacional de Campos do Jordão, que começa neste sábado na charmosa cidade na Serra da Mantiqueira. O tradicional concerto de abertura da Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo, sob regência de John Neschling, será realizado às 21h no auditório Claudio Santoro, com transmissão ao vivo pela TV Cultura. A Orquestra Sinfônica de Santo André fará concerto no dia 28, às 17h.

Pianista e solista de grandes orquestras, Jocy de Oliveira, 70 anos, é a compositora residente desta edição e também marcará a abertura do evento com a apresentação, à meia-noite, no Espaço Cultural Dr. Além, da pocket ópera Medea Solo, na qual participa a soprano Gabriela Geluda.

A Osesp, por sua vez, abrirá o Festival com a primeira audição mundial de Mariinha, de Liduino Pereira; Concerto para Violino, Op. 14, de Samuel Barber (com participação do solista Vadim Gluzman), e Sinfonia nº 2 em Dó Maior, Op. 61, de Robert Schumann. O coro da Osesp será regido por Naomi Munakata.

Ao todo, o Festival terá 48 espetáculos em 23 dias – 7 a 29 de julho –, apresentados em seis espaços na cidade: auditório Claudio Santoro, Praça do Capivari, Capela do Palácio Boa Vista, Igreja Santa Terezinha, Igreja São Benedito e Espaço Cultural Dr. Além.

Como é o ano da mulher, o seleto time de convidadas reúne nomes do porte da soprano Kiri Te Kanawa, as pianistas Maria João Pires, Cristina Ortiz e Sônia Rubinsky, o Trio Eroica, a trompetista Alison Balsom, a violonista Sharon Isbin, e as sopranos Rosana Lamosa e Gabriela Geluda.

Um dos destaques da programação é a ópera Rita, de Gaetano Donizetti, com regência de Débora Waldman e direção cênica de Carla Camurati, que será exibida no dia 20.

A Orquestra Sinfônica de Santo André marcará sua presença no evento em um concerto gratuito na Praça do Capivari, no qual homenageará Bidu Sayão. Rosana Lamosa é a solista convidada deste programa, que inclui obras de Carlos Gomes, Villa-Lobos, Camargo Guarnieri, Bizet, Puccini, Gounod e Rimsky-Korsakov. A regência será de Flavio Florence.

O Festival presta homenagens póstumas a três grandes mulheres: Chiquinha Gonzaga (1847-1935), Guiomar Novaes (1894-1979) e Bidu Sayão (1902-1999).

Os ingressos, cujos preços variam de R$ 10 a R$ 120, conforme a apresentação, podem ser adquiridos na Sala São Paulo (praça Júlio Prestes, s/nº. Tel.: 3337- 5414) e em postos de vendas da rede ingresso rápido. Na região, a compra pode ser efetuada no Victoria Hall (r. Baraldi, 743. Tel.: 4229-3599), em São Caetano.

38º Festival Internacional de Inverno de Campos do Jordão – Abertura neste sábado, às 21h, com concerto da Osesp. Regência de John Neschling e participação de Vadim Gluzman (violino). No Auditório Claudio Santoro – av. Dr. Luís Arrobas Martins, 1.880. Tel.: (12) 3662-2334. Ingr.: R$ 80 (esgotado).
Site: www.festivalcamposdojordao.org.br

Vendas: www.ingressorapido.com.br


Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Erudito e feminino

Gislaine Gutierre
Do Diário do Grande ABC

07/07/2007 | 07:03


Inspiradora dos maiores compositores de todos os tempos, a mulher é o tema da 38ª edição do Festival Internacional de Campos do Jordão, que começa neste sábado na charmosa cidade na Serra da Mantiqueira. O tradicional concerto de abertura da Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo, sob regência de John Neschling, será realizado às 21h no auditório Claudio Santoro, com transmissão ao vivo pela TV Cultura. A Orquestra Sinfônica de Santo André fará concerto no dia 28, às 17h.

Pianista e solista de grandes orquestras, Jocy de Oliveira, 70 anos, é a compositora residente desta edição e também marcará a abertura do evento com a apresentação, à meia-noite, no Espaço Cultural Dr. Além, da pocket ópera Medea Solo, na qual participa a soprano Gabriela Geluda.

A Osesp, por sua vez, abrirá o Festival com a primeira audição mundial de Mariinha, de Liduino Pereira; Concerto para Violino, Op. 14, de Samuel Barber (com participação do solista Vadim Gluzman), e Sinfonia nº 2 em Dó Maior, Op. 61, de Robert Schumann. O coro da Osesp será regido por Naomi Munakata.

Ao todo, o Festival terá 48 espetáculos em 23 dias – 7 a 29 de julho –, apresentados em seis espaços na cidade: auditório Claudio Santoro, Praça do Capivari, Capela do Palácio Boa Vista, Igreja Santa Terezinha, Igreja São Benedito e Espaço Cultural Dr. Além.

Como é o ano da mulher, o seleto time de convidadas reúne nomes do porte da soprano Kiri Te Kanawa, as pianistas Maria João Pires, Cristina Ortiz e Sônia Rubinsky, o Trio Eroica, a trompetista Alison Balsom, a violonista Sharon Isbin, e as sopranos Rosana Lamosa e Gabriela Geluda.

Um dos destaques da programação é a ópera Rita, de Gaetano Donizetti, com regência de Débora Waldman e direção cênica de Carla Camurati, que será exibida no dia 20.

A Orquestra Sinfônica de Santo André marcará sua presença no evento em um concerto gratuito na Praça do Capivari, no qual homenageará Bidu Sayão. Rosana Lamosa é a solista convidada deste programa, que inclui obras de Carlos Gomes, Villa-Lobos, Camargo Guarnieri, Bizet, Puccini, Gounod e Rimsky-Korsakov. A regência será de Flavio Florence.

O Festival presta homenagens póstumas a três grandes mulheres: Chiquinha Gonzaga (1847-1935), Guiomar Novaes (1894-1979) e Bidu Sayão (1902-1999).

Os ingressos, cujos preços variam de R$ 10 a R$ 120, conforme a apresentação, podem ser adquiridos na Sala São Paulo (praça Júlio Prestes, s/nº. Tel.: 3337- 5414) e em postos de vendas da rede ingresso rápido. Na região, a compra pode ser efetuada no Victoria Hall (r. Baraldi, 743. Tel.: 4229-3599), em São Caetano.

38º Festival Internacional de Inverno de Campos do Jordão – Abertura neste sábado, às 21h, com concerto da Osesp. Regência de John Neschling e participação de Vadim Gluzman (violino). No Auditório Claudio Santoro – av. Dr. Luís Arrobas Martins, 1.880. Tel.: (12) 3662-2334. Ingr.: R$ 80 (esgotado).
Site: www.festivalcamposdojordao.org.br

Vendas: www.ingressorapido.com.br

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;