Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 16 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Garoto leva choque em estacionamento


Verônica Fraidenraich
Do Diário do Grande ABC

09/01/2006 | 07:54


A saída rotineira ao supermercado da família Ximenes teve uma surpresa não muito agradável na última sexta-feira, dia 6. O susto surgiu quando os pais, os autônomos Richard Vicente Ximenes, 32 anos, e Marli Ferreira Ventura Ximenes, 33 anos, guardavam as compras no porta-malas do carro, no estacionamento do Carrefour, na Vila Humaitá, em Santo André. O filho do casal, Ricardo Vicente Ximenes, 4 anos, resolveu brincar na área do estacionamento e não percebeu os fios expostos que saíam de dentro de um poste de iluminação. “Ele abraçou o poste e não largou mais, ficou grudado”, lembra o pai com angústia. Quando ouvi ele gritar um “mãe” tremido, corri e o puxei”, completa a mãe.

O choque provocou em Ricardo uma queimadura de segundo grau na mão, que teve de ser enfaixada. O menino precisou ficar internado da noite da sexta-feira para o sábado. “O médico disse que ele poderia ter tido um ataque cardíaco, por isso ficou em observação”, afirma a mãe. Segunda-feira, ele tem consulta marcada com um cirurgião plástico.

No momento do acidente, o pai conta que ficou tão assustado e sem ação que levou o garoto dentro do supermercado. “O gerente, na maior tranquilidade, perguntou se eu queria que levassem meu filho num pronto-socorro, mas não se mostrou muito preocupado e eu não consegui nem dar uma água para meu filho”.

A direção do Carrefour de Santo André disse domingo lamentar o acidente e informou que a gerência da loja se colocou à disposição para o atendimento à criança, mas que os pais optaram por levá-la ao hospital em que tinham cobertura de convênio médico. A direção do supermercado declarou estar disposta a ressarcir os pais de todas as despesas referentes ao acidente. Disse ainda que já tomou todas as providências para que acidentes como esse não se repitam no estacionamento da loja.

Sábado o pai de Ricardo voltou ao estacionamento e fotografou diversos postes com fios expostos. “O poste que ele levou o choque estava coberto, mas outros ainda estavam sem nenhuma proteção”.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Garoto leva choque em estacionamento

Verônica Fraidenraich
Do Diário do Grande ABC

09/01/2006 | 07:54


A saída rotineira ao supermercado da família Ximenes teve uma surpresa não muito agradável na última sexta-feira, dia 6. O susto surgiu quando os pais, os autônomos Richard Vicente Ximenes, 32 anos, e Marli Ferreira Ventura Ximenes, 33 anos, guardavam as compras no porta-malas do carro, no estacionamento do Carrefour, na Vila Humaitá, em Santo André. O filho do casal, Ricardo Vicente Ximenes, 4 anos, resolveu brincar na área do estacionamento e não percebeu os fios expostos que saíam de dentro de um poste de iluminação. “Ele abraçou o poste e não largou mais, ficou grudado”, lembra o pai com angústia. Quando ouvi ele gritar um “mãe” tremido, corri e o puxei”, completa a mãe.

O choque provocou em Ricardo uma queimadura de segundo grau na mão, que teve de ser enfaixada. O menino precisou ficar internado da noite da sexta-feira para o sábado. “O médico disse que ele poderia ter tido um ataque cardíaco, por isso ficou em observação”, afirma a mãe. Segunda-feira, ele tem consulta marcada com um cirurgião plástico.

No momento do acidente, o pai conta que ficou tão assustado e sem ação que levou o garoto dentro do supermercado. “O gerente, na maior tranquilidade, perguntou se eu queria que levassem meu filho num pronto-socorro, mas não se mostrou muito preocupado e eu não consegui nem dar uma água para meu filho”.

A direção do Carrefour de Santo André disse domingo lamentar o acidente e informou que a gerência da loja se colocou à disposição para o atendimento à criança, mas que os pais optaram por levá-la ao hospital em que tinham cobertura de convênio médico. A direção do supermercado declarou estar disposta a ressarcir os pais de todas as despesas referentes ao acidente. Disse ainda que já tomou todas as providências para que acidentes como esse não se repitam no estacionamento da loja.

Sábado o pai de Ricardo voltou ao estacionamento e fotografou diversos postes com fios expostos. “O poste que ele levou o choque estava coberto, mas outros ainda estavam sem nenhuma proteção”.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;