Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 22 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

ABC tem 500 mil pessoas abaixo da linha da probreza


Do Diário do Grande ABC

25/10/2003 | 18:46


O Grande ABC abriga meio milhão de pessoas que vivem abaixo da linha da pobreza – menos de meio salário mínimo por mês. Um estudo feito pela Diocese de Santo André no ano passado estimou que 7% da população da região, ou 164 mil pessoas, passam fome.

Outro estudo, realizado com base em informações da Pnad (Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílio de 2001), do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), pelos professores Sônia Rocha, coordenadora de projetos do Ibre (Instituto Brasileiro de Economia), da Fundação Getúlio Vargas, e por Roberto Cavalcanti de Albuquerque, diretor-técnico do Inae (Instituto Nacional de Altos Estudos), mostra que a transferência de R$ 50 mensais para todas as famílias que vivem em pobreza extrema reduziria em um terço o número de brasileiros indigentes. Com informações de outra pesquisa, o Censo 2000, os professores concluíram que 57,7 milhões de pessoas no país estão abaixo da linha da pobreza, sendo que 21,7 milhões estão em situação de pobreza extrema.

O conceito de pobreza extrema refere-se à população que tem renda familiar per capita mensal inferior ao preço de uma cesta básica. Os valores em reais variam. Foram definidas 27 linhas de pobreza extrema, sendo a mais baixa de R$ 19,67 per capita para o Norte rural e a mais alta, de R$ 44,29 per capita, para a Região Metropolitana de São Paulo. Na avaliação dos economistas, para esta população – que eles classificam de “os mais pobres entre os pobres” – devem ser voltadas todas as atenções dos programas sociais.

Colabrou Daniela Mian



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;