Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 22 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Auditor do TCU depoe na CPI do Judiciário


Do Diário do Grande ABC

19/04/1999 | 10:44


Começou por volta das 10h30 desta segunda-feira a sessao da CPI do Judiciário do Senado. Neste momento, está depondo o auditor do Tribunal de Contas da Uniao, Paulo Damásio de Oliveira, responsável pela análise da licitaçao feita pelo Tribunal Regional do Trabalho de Sao Paulo para a construçao do edifício sede das Juntas de Conciliaçao e Julgamento da capital paulista. A denúncia de superfaturamento é de um dos cinco casos apontados pelo presidente do senado Antonio Carlos Magalhaes no documento que resultou na criaçao da CPI. De acordo com a denúncia, já foram gastos R$ 230 milhoes na obra e o prédio ainda nao foi entregue.

Em seguida, está previsto o depoimento do técnico judiciário Antonio de Pádua Leite, do Tribunal Regional do Trabalho da Paraíba, autor das denúncias de nomeaçoes e contrataçoes irregulares de parentes de juízes e diretores do TRT da Paraíba e que está sob proteçao da Polícia Federal depois que recebeu ameaças de morte.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Auditor do TCU depoe na CPI do Judiciário

Do Diário do Grande ABC

19/04/1999 | 10:44


Começou por volta das 10h30 desta segunda-feira a sessao da CPI do Judiciário do Senado. Neste momento, está depondo o auditor do Tribunal de Contas da Uniao, Paulo Damásio de Oliveira, responsável pela análise da licitaçao feita pelo Tribunal Regional do Trabalho de Sao Paulo para a construçao do edifício sede das Juntas de Conciliaçao e Julgamento da capital paulista. A denúncia de superfaturamento é de um dos cinco casos apontados pelo presidente do senado Antonio Carlos Magalhaes no documento que resultou na criaçao da CPI. De acordo com a denúncia, já foram gastos R$ 230 milhoes na obra e o prédio ainda nao foi entregue.

Em seguida, está previsto o depoimento do técnico judiciário Antonio de Pádua Leite, do Tribunal Regional do Trabalho da Paraíba, autor das denúncias de nomeaçoes e contrataçoes irregulares de parentes de juízes e diretores do TRT da Paraíba e que está sob proteçao da Polícia Federal depois que recebeu ameaças de morte.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;