Fechar
Publicidade

Domingo, 24 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

|

Eles esquecem do passado...

Sempre com uma piada na ponta da língua, o vereador de Mauá Ivan Gomes, o Batoré (PP), perdeu o humor


Do Diário do Grande ABC

21/09/2010 | 00:00


Sempre com uma piada na ponta da língua, o vereador de Mauá Ivan Gomes, o Batoré (PP), que surge como um dos favoritos da legenda para conquista vaga de deputado federal, literalmente perdeu o humor nos últimos dias. A revolta tem endereço: o ex-secretário de Obras e também candidato a cadeira em Brasília Hélcio Silva (PT). Segundo Batoré, Hélcio tem mandado pessoas destruir seus cavaletes nas ruas de Mauá. "Eles não podem negar, porque flagrei gente do PT quebrando meu material", disse o político-humorista. "Como o Hélcio tem rejeição muito grande, quer colocar só seus cartazes na cidade, como se fosse o dono de Mauá. Além do meu, também mandou quebrar os do Chiquinho do Zaíra (PMN)", afirmou.

Para Batoré, o ato demonstra ingratidão dos petistas, que tiveram apoio dele em 2008. "Eles se esquecem que ajudei o Oswaldo Dias (PT) a ganhar a eleição. Mas tudo bem. Deixa o Hélcio continuar fazendo esse jogo sujo que vai ter revide." Pelo andar da carruagem, essa briga ainda promete muito até 3 de outubro...

Entre a cruz e a espada
Por falar em Batoré, quem torce muito para que o vereador consiga se eleger deputado é o secretário de Habitação de Mauá, Sérgio Affonso, presidente do PRB. É que o filho do secretário, Rafael Affonso, é o primeiro suplente do PP para o cargo. Só que isso está causando uma tremenda saia-justa para o secretário: como integrante do primeiro escalão de um governo petista, apoia Hélcio para federal, mas como pai, quer que Batoré conquiste a cadeira. Isso sem falar que o PRB tem outro candidato a federal. É... a política pode complicar até relações familiares.

Devo, não nego
Tem um candidato a deputado federal por Santo André que não tem primado muito por honrar com seus compromissos. Cabos eleitores desse político já deram um ultimato a ele: ou paga o que deve antes da eleição, ou irão falar para todo mundo, em especial eleitores desse pleiteante, que, se ele sequer cumpre com suas obrigações, que nesse caso é pagar o que deve a quem recebeu a promessa de que receberia antes da eleição, o que imaginar dele se realmente conquistar mandato de deputado federal... Custa cumprir com a palavra?

Regime forçado
O deputado estadual Orlando Morando (PSDB-São Bernardo), que tenta a reeleição, tem relatado, em sua página no Twitter, como estão corridos os últimos dias de campanhas. Mas uma das mensagens é bem curiosa. Ele conta que dias atrás recebeu ligação do prefeito de Ribeirão Pires e presidente do Consórcio Intermunicipal do Grande ABC, Clóvis Volpi (PV), que disse que, ao ver o tucano no horário eleitoral gratuito, o achou muito magro. Disse, então, que assim que avistasse uma balança, iria checar seu peso. Só não contou na internet o resultado...



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;