Política Titulo Reuniões
Morando se reúne com Alckmin e ministro Carlos Lupi em Brasília

Agendas foram acompanhadas pelo deputado Fernando Marangoni

Da Redação
24/06/2024 | 23:11
Compartilhar notícia
FOTO: Divulgação


Em extensa lista de compromissos na Capital federal, o prefeito de São Bernardo, Orlando Morando (PSDB), reuniu-se nesta segunda-feira (24) com o vice-presidente da República e ministro do Desenvolvimento, Indústria, Comércio e Serviços, Geraldo Alckmin (PSB), no anexo 2 do Palácio do Planalto. A agenda, segundo o chefe do Executivo são-bernardense, tratou da possibilidade de investimentos para o município.

As agendas em Brasília foram acompanhadas pelo deputado federal Fernando Marangoni (União Brasil), que tem domicílio eleitoral em Santo André, e pelo diretor-superintendente do Sebrae-SP (escritório paulista do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas), Marco Vinholi.

Logo na sequência do encontro com Alckmin, o chefe do Executivo de São Bernardo reuniu-se com o ministro da Previdência Social, Carlos Lupi, com quem discutiu assuntos pertinentes à Pasta na cidade. 

“Conversamos sobre a possibilidade de reforma do amplo prédio do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social), localizado na região central da cidade, na Avenida Newton Monteiro de Andrade”, disse o prefeito.

O tucano ressaltou o caráter multipartidário das agendas na Capital federal. “Com diálogo, sem olhar cores partidárias, buscamos melhorias para São Bernardo.”

LEVANTAMENTO

Um dos principais polos industriais do país, São Bernardo computou a abertura de 19.453 empresas em 2023, o que corresponde à média de 1.621 firmas por mês, segundo levantamento registrado no painel do Mapa de Empresas, divulgado pelo governo federal. Entre as novas empresas criadas na cidade, 14,7 mil referem-se à modalidade MEI (Microempreendedor Individual), média de 1,2 mil mensais. 




Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


;