Setecidades Titulo Habitação
Governo de SP entrega 268 moradias a famílias de São Bernardo

Apartamentos são viabilizados com subsídios de R$ 3,4 milhões para aquisição de imóveis direto com construtora

Redação
28/05/2024 | 16:49
Compartilhar notícia
Celso Luiz/DGABC


O governador Tarcísio de Freitas (Republicanos) entregou nesta terça-feira (28), 268 apartamentos em São Bernardo a famílias de baixa renda beneficiadas com subsídios estaduais para aquisição dos imóveis diretamente com a construtora. O investimento foi de R$ 3,4 milhões.

Os apartamentos têm dois dormitórios, sala, cozinha e banheiro distribuídos em 50 m² de área construída. O residencial tem área de lazer com playground e quadra poliesportiva, salão de festas e estacionamento coberto. Cada família recebeu subsídio de R$ 13 mil do programa Casa Paulista, na modalidade CCI (Carta de Crédito Imobiliário), para comprar o primeiro imóvel próprio diretamente com a empreendedora do Residencial Cooperativa, em São Bernardo. O benefício foi disponibilizado para famílias com renda mensal de até três salários mínimos.

“Com a entrega de hoje, estamos superando 26,5 mil unidades entregues e temos outras 114,5 mil em produção. A gente começou a aplicar até R$ 4 bilhões por ano em habitação para fazer a diferença, realizar o sonho da casa própria, tirar pessoas que estavam em áreas de risco e dar segurança”, afirmou Tarcísio.

Além das famílias beneficiadas, a cerimônia de entrega das moradias também reuniu o secretário estadual de Desenvolvimento Urbano e Habitação, Marcelo Branco, o prefeito de São Bernardo, Orlando Morando (PSDB), deputados, vereadores e representantes da Caixa Econômica Federal.

“O governador Tarcísio determinou que tivéssemos uma visão mais agressiva de tratamento do problema do déficit habitacional em São Paulo. A pretensão é que a gente faça 200 mil unidades habitacionais em quatro anos, entre todos os programas Casa Paulista e da CDHU. Em paralelo a isso, outras 200 mil regularizações fundiárias e 100 mil ações de retirada de famílias de áreas de encosta e urbanização de favelas, totalizando a meta bastante ambiciosa de 500 mil atendimentos habitacionais”, disse o secretário de Desenvolvimento Urbano e Habitação.

Desde o início de 2023, o Governo de São Paulo já investiu R$ 174,9 milhões para beneficiar 14.857 famílias com subsídios do programa Casa Paulista para a compra da casa própria. No mesmo período, a Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Habitação aportou 60,6 mil subsídios na modalidade CCI em valor total de R$ 761 milhões, resultando em  investimentos diretos, indiretos e induzidos de R$ 21 bilhões e mais de 384 mil empregos.


Carta de Crédito Imobiliário

A oferta de subsídios por meio da modalidade CCI é um programa estadual de fomento que permite que famílias com renda de até três salários mínimos, possam comprar imóveis em empreendimentos privados autorizados pela Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Habitação, no âmbito de financiamentos Caixa-FGTS.

O programa é aberto a qualquer empreendimento habitacional que se enquadre nos critérios do programa Casa Paulista e sejam devidamente habilitados pela Caixa Econômica Federal, órgão responsável pela aprovação dos financiamentos.

O valor do subsídio estadual varia entre R$ 10 mil e R$ 16 mil, conforme a localização do imóvel. O crédito oferecido pelo Governo de São Paulo pode ser somado a benefícios federais e à aplicação do saldo do FGTS no financiamento habitacional. Desta forma, o valor das prestações fica compatível com a capacidade de pagamento das famílias.




Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


;