Editorial Titulo Editorial
A saúde importa
Da Redação
24/05/2024 | 08:00
Compartilhar notícia


Saúde é um dos temas mais intrigantes da administração pública, além de ser uma das maiores necessidades da população em geral. Por isso, a notícia da construção de um novo hospital público sempre é recebida com entusiasmo.

Ontem, a Prefeitura de Diadema iniciou a desocupação de um anexo do Paço Municipal, que, na terça-feira, começará a ser demolido para que em seu lugar seja erguido um edifício de 12 andares, onde funcionará o novo equipamento.

Os pavimentos vão comportar 212 leitos, além de salas de internação, UTI (Unidade de Terapia Intensiva) para adultos, crianças e neonatal, centro de diagnóstico, cirurgia, ortopedia, obstetrícia, saúde mental e emergência. 

O investimento previsto é de R$ 320 milhões, sendo que o Ministério da Saúde já garantiu R$ 287 milhões para execução das obras.

A localização do novo hospital é mais um ponto favorável . Ele ficará na região central e próximo da Rodovia dos Imigrantes, o que facilita o acesso dos moradores de Diadema.

A localização, aliás, é uma grande vantagem em relação ao Hospital Piraporinha, que recentemente foi tema de notícia triste deste Diário, com a queda de um paciente dos andares superiores do prédio.

Foram justamente as deficiências técnicas apresentadas pelo Hospital Piraporinha que levaram o município a optar pela construção de um novo, como explicou o secretário de governo, Mário Reali. Ele detalhou que a última grande reforma do local ocorreu em 1992 e que hoje seria impossível fazer com que ele se adequasse aos atuais níveis de exigência.

Reali também informou que o Pronto Socorre Central, ao lado do Quarteirão da Saúde, local que recentemente recebeu críticas de usuários por falhas de atendimento, deverá ser transformado em uma UPA (Unidade de Pronto Atendimento).

Saúde é um tema que sempre merecerá destaque neste Diário. Seja para ressaltar as melhorias, ou para mostrar as falhas, e, dessa forma, forçar os dirigentes públicos a saná-las.




Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


;