Esportes Titulo
Verstappen exalta crescimento de rivais e prevê dificuldade no GP de Mônaco: 'Pista difícil'
23/05/2024 | 18:05
Compartilhar notícia


Pole position em todas as sete corridas disputadas na temporada de Fórmula 1 e vencedor em cinco, sendo as quatro primeiras de maneira consecutiva, o holandês Max Verstappen mostrou enorme preocupação para a corrida do fim de semana, em Mônaco. Além de ressaltar a dificuldade que a Red Bull costuma ter nesta pista, ainda salientou o crescimento de Ferrari e McLaren.

Verstappen admite que em circuito mais estreitos e sem grandes retas, como é o caso de Mônaco, a Red Bull sofre mais. "Acho que olhando para o traçado da pista, provavelmente não será a nossa melhor pista, só porque o nosso carro normalmente sofre um pouco com solavancos e zebras", explicou o tricampeão mundial.

Em Ímola, no fim de semana passado, a Red Bull foi mal no primeiro dia de treinos, mas conseguiu se ajustar e Verstappen levou a vitória, mesmo apertado no fim por Lando Norris, da McLaren. O holandesa espera repetir a dose em Mônaco para evitar aproximação dos concorrentes na classificação.

"Trabalhamos um pouco nisso em comparação com o ano passado. Acho que até agora, na maioria das pistas que estivemos, nosso desempenho em baixa velocidade melhorou um pouco, mas não acho que este será um fim de semana muito fácil", admitiu. "Mônaco nunca é muito simples, mesmo quando se espera que você tenha o melhor carro. É uma pista muito complicada para fazer tudo funcionar, para fazer os pneus funcionarem numa volta de qualificação, por exemplo, bandeiras vermelhas, há sempre muitas perturbações..."

Apesar do discurso repleto de receio, ele espera surpreender mais uma vez, como fez em Ímola, um dia após sair falando que tudo estava errado. "Muitas coisas podem dar certo, mas também muitas podem dar errado. Nós só precisamos estar nisso. É claro que Ímola começou muito mal e conseguimos dar a volta por cima. Mas eu não gostaria de ter um fim de semana assim de novo, é muito estressante e nada legal."

"Do lado de fora, acho que é uma das pistas mais difíceis para nós", continuou. "Além disso, nos últimos anos, acho que a Ferrari sempre foi muito, muito forte aqui. Além disso, a McLaren ultimamente, nas duas últimas corridas, realmente melhorou em desempenho", elogiou as rivais. "Acho que depois de Miami, quando entramos em Ímola, ficou bem claro que a diferença entre as equipes havia diminuído um pouco."




Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


;