Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 28 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

|

Dilema de Dib

Comenta-se no Grande ABC que o ex-prefeito de São Bernardo William Dib (PSB) enfrenta, desde já, um dilema difícil de resolver


Do Diário do Grande ABC

24/03/2009 | 00:00


Comenta-se no Grande ABC que o ex-prefeito de São Bernardo William Dib (PSB) enfrenta, desde já, um dilema difícil de resolver. Ele não esconde que pretende concorrer à Câmara Federal. A dificuldade está na dobradinha. Há quem assegure que Dib tem compromisso assumido com o advogado Raimundo Salles (DEM), que sairia a estadual, mas nessa parada também encontra-se o deputado Orlando Morando (PSDB), que foi escolhido por Dib para concorrer à Prefeitura em 2008 e que pretende disputar a reeleição à Assembleia Legislativa. A campanha eleitoral de 2010 ainda está bem longe, mas Dib certamente já está com dor de cabeça e insônia: quem escolher?

Bastidores

Fantasma
Não é só o Senado que descobriu a existência de funcionários fantasmas entre os servidores da Casa. Nos legislativos da região, a prática também é bem comum. Em Mauá, há um assessor de um parlamentar que vai à Câmara apenas para assinar o livro de presença. E para não perder muito tempo e ter de ficar voltando todo dia, ele já assina todo o ponto do mês. Sem ser incomodado, ele passa o tempo em que deveria prestar expediente no gabinete do parlamentar em seu comércio. Tudo isso com o aval do vereador. É importante que o Ministério Público abra os olhos. Com a palavra, os vereadores de Mauá.

Exemplo
A farra também ocorre em pelo menos mais uma administração municipal da região. Três servidores já foram flagrados batendo cartão em seus próprios estabelecimentos, mesmo tendo sido nomeados e estando recebendo salário. Que belo exemplo!

Digital
Por falar no Legislativo de Mauá, o presidente da Câmara, Rogério Moreira Santana (PT), inaugura nesta terça-feira, no início da tarde, o Centro de Inclusão Digital, que contará com 10 computadores à população, em uma espécie de telecentro municipal. Os vereadores não escondem que a iniciativa tem a função de desafogar os gabinetes, que vivem cheios de pessoas atrás de computador para imprimir currículos.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;