Editorial Titulo Editorial
Antídoto ao descrédito
Da Redação
14/05/2024 | 08:15
Compartilhar notícia


O depoimento de Geraldo Reple Sobrinho sobre o caos na Saúde de São Bernardo proporciona aos nobres vereadores de São Bernardo a chance de provarem aos seus eleitores que merecem ocupar uma das 28 cadeiras do Legislativo municipal. Ou então que estão alheios ao sofrimento da população que prometeram representar.

Diante dos parlamentares estará o responsável por uma das pastas mais importantes da administração municipal e que, sabe-se lá por quais motivos, permitiu que uma série de problemas se avolumasse, sobre tudo no Hospital da Mulher, o equipamento mais moderno da cidade, que completa o primeiro ano de atividade em julho.

Reple tem a obrigação de responder porque colocou Rodolfo Strufaldi na direção-técnica de um hospital tão importante. Mesmo ele já tendo falhado em 2019, quando esteve à frente de outro setor, e acabou sendo demitido pelo prefeito Orlando Morando ao vivo, durante um telejornal da TV Globo.

O secretário também precisa explicar porque saiu de férias no momento mais delicado da saúde são-bernardense. Foi por decisão própria? Foi induzido por seu chefe imediato, o prefeito Orlando Morando? E também o que fez durante o período em que esteve licenciado de suas funções. Viajou? Descansou? Esfriou a cabeça?

São muitas as questões. E o que se espera é que delas surjam respostas convincentes. Que apontem os erros cometidos, sejam eles por decisões equivocadas – geradas sabe-se lá por quais motivos – ou mesmo por omissões. Mas que sirvam para balizar os destinos da saúde pública de São Bernardo para que fatos semelhantes não venham a se repetir.

Senhores vereadores, aproveitem a oportunidade. Sejam protagonistas deste momento que pode ser histórico. Cumpram o seu papel. Passem a saúde a limpo! 

Entretanto, caso prefiram se acovardar ou se esconder atrás da promessa de favores ou de outras benesses, lembrem-se que em outubro tem eleição. E que o povo tem memória.




Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


;