Setecidades Titulo Sustentabilidade
Enel realiza ações para troca de geladeiras e lâmpadas em Diadema

As visitas porta a porta serão realizadas nesta segunda e terça-feira (1º e 2); Ações visam promover a troca de geladeira, beneficiando os moradores

Da Redação
01/04/2024 | 15:42
Compartilhar notícia
FOTO: Divulgação/Enel


A Enel Distribuição São Paulo, concessionária de energia elétrica que atua em 24 municípios da Grande São Paulo, vai realizar, nesta segunda e terça-feira (1º e 2), um total de 400 visitas porta a porta para diagnósticos energéticos de Diadema. Os clientes também podem comparecer presencialmente na “ONG Clube De Mães Fagundes Oliveira”, no endereço Avenida Fagundes de Oliveira, nº 1.303 - Piraporinha, das 9h às 16h, para realização de cadastro junto à companhia.

Durante as visitas nas residências, os agentes da companhia vão realizar pesquisa para o preenchimento do diagnóstico energético visando a futura troca de geladeira e lâmpadas de LED. Para participar da troca de geladeiras, os clientes precisam estar adimplentes com a distribuidora.

A iniciativa faz parte do projeto Enel Compartilha Eficiência Energética, que atua em 11 frentes diferentes voltadas ao consumo consciente e eficiência energética. As ações visam a melhoria da qualidade de vida de famílias de baixo poder aquisitivo, buscando a redução do consumo de energia e a conscientização ambiental.

A programação engloba também orientações sobre o descarte correto dos aparelhos antigos e a reciclagem de materiais, como plásticos, aços, cobres, alumínios, isolamentos térmicos, óleos e compressores.

“Essa atividade visa beneficiar as famílias do município de Diadema. As geladeiras novas são mais eficientes e ajudam na redução do consumo de energia e na diminuição de emissão de CO2 na atmosfera, um dos gases responsáveis pelo agravamento do efeito estufa”, diz a gerente de Sustentabilidade da Enel Distribuição São Paulo, Solange Mello.




Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


;