Esportes Titulo Liga
Com reformulação no elenco, AD Santo André inicia trajetória na LBF

Equipe andreense é a primeira campeã da história do campeonato nacional, e bateu na trave na última edição ao parar na semifinal

Ryan Leme
Especial para o Diário
01/03/2024 | 08:05
Compartilhar notícia
FOTO: Reprodução


A AD Santo André dá o primeiro passo na LBF (Liga de Basquete Feminino), a principal competição nacional da categoria, neste sábado (2), quando vai até o interior de São Paulo para enfrentar o Bax Catanduva, às 18h (veja o elenco e a tabela do 1º turno na arte ao lado).

A preparação da equipe do Grande ABC para a nova temporada começou em janeiro, e apesar das dificuldade, o técnico Rafael Souza, o Choco, elogia os trabalhos. “A montagem do elenco foi mais complicada neste ano que haverá mais participantes na Liga. Tivemos seis semanas de treinamento e conseguimos fazer tudo com calma, desde os treinos de força e recuperação física, até as jogadas em quadra. A expectativa para a estreia é boa, as atletas estão em forma, ganhando entrosamento e correndo bem”, diz.

Na última temporada, a AD Santo André chegou aos playoffs conquistando o terceiro lugar na fase de grupos, empatada em pontuação com o Unimed Campinas. Já no mata-mata, eliminou o Blumenau nas quartas de final e parou na semifinal, quando foi batida pelo Sesi Araraquara, atual campeão, perdendo duas das três partidas. 

Para a temporada 2024, o time andreense perdeu dois nomes que eram importantes pilares: a ala/pivô Sassá, e a armadora Lays da Silva, que se transferiram para o Sampaio Basquete-MA, vice-campeão da LBF no ano passado. Apesar disso, o comandante Choco garante que o elenco está se reinventando e vem reforçado para a disputa. “Temos reposição à altura, atletas rápidas e habilidosas na armação. A Letícia Rodrigues foi uma chegada importante, uma jogadora que sempre passou por equipes competitivas e pode elevar nosso patamar”. Além da pivô ex-Campinas, a AD Santo André também anunciou a chegada das armadoras Beatriz Oliveira, também ex-Campinas, e Isabella Souza, ex-Ituano e Catanduva.

Campeão da primeira edição da LBF na temporada 2010-2011, a equipe do Grande ABC busca repetir o feito em 2024. Para isso, aposta também na experiência da ala Tássia, de 31 anos, que defendeu a Seleção Brasileira nas Olimpíadas de Londres, em 2012. A atleta se diz confiante para a temporada. “Esse primeiro mês de trabalho foi muito bom, estamos todas prontas e acredito que vamos conquistar bons resultados.” 

Com recorde de participantes, a edição da LBF 2024 terá 11 clubes na disputa pelo título, três a mais que na temporada passada, por exemplo. Entre os estreantes estão o Ponta Grossa-PR, o Corinthians-SP e o São José-SP, os dois últimos fazem a abertura do campeonato hoje à noite.

“Acredito que a equipe mais forte continua sendo o Sesi Araraquara, que manteve praticamente todo o elenco campeão estadual e nacional, e que já tem um entrosamento muito alto”, observa o comandante Choco que também acrescenta o Sampaio Basquete e o Ituano na lista de favoritos à conquista do título. “O Santo André também corre por fora. Esperamos surpreender”, finaliza. 




Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


;