Internacional Titulo
Zelenski diz que 31 mil soldados ucranianos morreram na guerra com a Rússia
25/02/2024 | 18:49
Compartilhar notícia


O presidente da Ucrânia, Volodimir Zelenski, afirmou neste domingo (25) que 31 mil soldados do país morreram, nos dois anos de conflito desde a invasão do país pela Rússia. Segundo o líder, o número era bem inferior que as estimativas dadas pelo governo do presidente russo, Vladimir Putin.

Zelenski falou sobre o tema durante um fórum em Kiev. Ele acusou Putin e seu círculo de mentirem sobre o confronto. "Mas cada uma dessas perdas é um grande sacrifício para nós", lamentou. O líder disse que não revelaria o número de feridos ou desaparecidos.

O presidente também afirmou que "dezenas de milhares" foram mortos em áreas ocupadas da Ucrânia, mas acrescentou que não haveria números precisos até que a guerra terminasse.

Um meio russo independente, Mediazona, disse no sábado (24) que cerca de 75 mil russos foram mortos em 2022 e 2023 lutando na guerra. Uma investigação conjunta publicada por ela e pelo Meduza, outro site independente russo, indica que a taxa de perdas da Rússia na Ucrânia não tem diminuído e que Moscou está perdendo cerca de 120 homens por dia. Fonte: Associated Press.




Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


;