Política Titulo Crise
Direção estadual intervém e destitui diretório do PL em Mauá

Cúpula paulista tira vereador Zé Carlos Nova Era da presidência

Por Raphael Rocha
22/02/2024 | 11:04
Compartilhar notícia
DGABC


A direção estadual do PL interveio no diretório do partido em Mauá e anulou a composição que tinha como presidente da sigla o vereador Zé Carlos Nova Era e deu a presidência da agremiação ao também vereador e pré-candidato da sigla à Prefeitura de Mauá, Sargento Simões. A publicação foi feita na manhã desta quinta-feira (22).

Nova Era estava no comando da legenda desde 2023, quando o ex- vereador Betinho Dragões saiu da liderança do partido. A situação dele à frente do diretório começou a estremecer depois que Simões ingressou no PL com o compromisso de ser pré-candidato a prefeito de Mauá.

Inicialmente, as cúpulas nacional e estadual do PL não viram problemas na manutenção de Nova Era como presidente. Porém, nos últimos dias, Simões passou a requisitar a presidência, dizendo que seus estrategistas em marketing observavam com bons olhos o fato de ele ser pré-candidato a prefeito e presidente do partido na cidade.

Foi então que se instalou uma crise interna. Nova Era garantia ter respaldo do presidente estadual do PL, José Tadeu Candelária, e do deputado federal Márcio Alvino (PL) para continuar na liderança do partido. Simões, por sua vez, assegurava ter suporte do presidente nacional da legenda, o ex-deputado federal Valdemar Costa Neto.

Ao Diário, Simões reforçou que assumir o partido é uma estratégia de comunicação para potencializar sua pré-candidatura. “Eu não tenho nada contra o Zé (Carlos Nova Era), gosto muito dele, respeito demais seu trabalho como vereador. Assim como não tenho nada contra o ex-prefeito Clovis Volpi (até então, pré-candidato do PL à Prefeitura de Mauá, hoje no PSD). Mas precisamos seguir a estratégia para ganhar a eleição”, pontuou Simões.

Nova Era comentou que irá se reunir com Candelária e Alvino para entender a situação.

A nova composição tem Simões como presidente, Ivan Allyson Vital (chefe de gabinete de Simões) como vice, Robson Fontes di Bello (assessor de Simões) como secretário e Josi Simões (mulher de Simões) como tesoureiro.




Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


;