Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 26 de Fevereiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Grã-Bretanha lança teste caseiro de fertilidade para casais


Da AFP

04/01/2006 | 20:42


O mercado britânico lançou, nesta quarta-feira, o primeiro teste de fertilidade para casais. O experimento, chamado Fertell, foi desenvolvido pela Universidade de Birmingham e pelo Hospital Feminino de Liverpool. Ele promete aos seus usuários homens informar, com uma precisão de 95%, a habilidade de engravidar uma mulher no período de uma hora.

"Tudo que o homem precisa fazer é produzir uma amostra, apertar um botão e virar uma chave para saber se tem espermatozóides suficientes capazes de nadar para fertilizar um óvulo", explicou o professor Chris Barratt, da Universidade de Birmingham.

O teste individual, que será vendido junto com um outro teste para mulheres que fornece o resultado em meia hora, estará nas prateleiras da rede nacional de farmácias Boots a partir da próxima segunda-feira, embora alguns estabelecimentos maiores já tenham começado a comercializá-lo. A unidade do Fertell custa US$ 140.  

Em seu site na internet (www.boots.com), o laboratório Boots também alertou que os testes com o Fertell "não fornece o diagnóstico para todas as questões relativas à fertilidade" e que os casais que tiverem resultado positivo, mas ainda tiverem problemas em engravidar após vários meses devem procurar um médico.

Allan Pacey, secretário da Sociedade de Fertilidade Britânica, que representa os profissionais de medicina reprodutiva, explicou que o medicamento pode encorajar homens com problemas de fertilidade a procurar ajuda médica mais cedo.

Clare Brown, chefe-executiva da Infertility Network do Reino Unido, uma instituição de aconselhamento e apoio, referiu-se ao teste como uma "via válida" para fazer com que os casais se sintam envolvidos com as decisões médicas. "Nós recomendamos aos casais que, caso tenham quaisquer preocupação sobre sua fertilidade, que falem com seu médico para investigar as possíveis causas", afirmou.

A expectativa da Genosis é lançar o Fertell no mercado americano no terceiro trimestre deste ano e distribuí-lo no resto da Europa e na Ásia até o fim de 2006.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Grã-Bretanha lança teste caseiro de fertilidade para casais

Da AFP

04/01/2006 | 20:42


O mercado britânico lançou, nesta quarta-feira, o primeiro teste de fertilidade para casais. O experimento, chamado Fertell, foi desenvolvido pela Universidade de Birmingham e pelo Hospital Feminino de Liverpool. Ele promete aos seus usuários homens informar, com uma precisão de 95%, a habilidade de engravidar uma mulher no período de uma hora.

"Tudo que o homem precisa fazer é produzir uma amostra, apertar um botão e virar uma chave para saber se tem espermatozóides suficientes capazes de nadar para fertilizar um óvulo", explicou o professor Chris Barratt, da Universidade de Birmingham.

O teste individual, que será vendido junto com um outro teste para mulheres que fornece o resultado em meia hora, estará nas prateleiras da rede nacional de farmácias Boots a partir da próxima segunda-feira, embora alguns estabelecimentos maiores já tenham começado a comercializá-lo. A unidade do Fertell custa US$ 140.  

Em seu site na internet (www.boots.com), o laboratório Boots também alertou que os testes com o Fertell "não fornece o diagnóstico para todas as questões relativas à fertilidade" e que os casais que tiverem resultado positivo, mas ainda tiverem problemas em engravidar após vários meses devem procurar um médico.

Allan Pacey, secretário da Sociedade de Fertilidade Britânica, que representa os profissionais de medicina reprodutiva, explicou que o medicamento pode encorajar homens com problemas de fertilidade a procurar ajuda médica mais cedo.

Clare Brown, chefe-executiva da Infertility Network do Reino Unido, uma instituição de aconselhamento e apoio, referiu-se ao teste como uma "via válida" para fazer com que os casais se sintam envolvidos com as decisões médicas. "Nós recomendamos aos casais que, caso tenham quaisquer preocupação sobre sua fertilidade, que falem com seu médico para investigar as possíveis causas", afirmou.

A expectativa da Genosis é lançar o Fertell no mercado americano no terceiro trimestre deste ano e distribuí-lo no resto da Europa e na Ásia até o fim de 2006.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;