Setecidades Titulo Memória
A história brasileira... ...nas lembranças de uma militante. Do sertão nordestino... ...à América Latina. E a chegada ao Grande ABC.

Izabel Oliveira de Mendonça Bazzo fundou o Sindicato das Costureiras e agora conta a sua história de vida num livro essencial

Por Ademir Medici
Do Diário do Grande ABC
29/12/2023 | 08:00
Compartilhar notícia


“Belíssima homenagem ao Sr. Natal Vertamatti (100 anos de idade no dia 26 último), que foi chefe do meu pai na fábrica de móveis do Piotti Setti, e no programa da semana passada no "Momento Tantti Auguri" foi homenageado com um breve relato de sua trajetória... Bravíssimo”.

Marquitho Riotto, apresentador do programa “Canta Itália”.

Izabel Bazzo é a convidada desta semana do programa “Memória na TV”, do Diário. Ela narra como escreveu “Alma Militante – A luta diária pela transformação social” (Scortecci Editora).

Trata-se de um livro humano, sem ser piegas, que fala da luta na chamada igreja progressista e de assuntos como família, usos e costumes do povo brasileiro, suas incursões pela Argentina e Panamá, o tempo em que morou na Zona Leste de São Paulo, a vinda para Santo André, o trabalho social em espaços populares como Vila Esperança e Limpão, ambos em São Bernardo, a atuação junto à MOVA - Movimento de Alfabetização de Jovens e Adultos.

Um destaque: a profissão de costureira. “A costureira é muito importante. Uma arte. Elas desenham, cortam, costuram, bordam, vestem todo mundo”, conta Izabel no programa.

“Por outro lado, entra a questão do machismo e a desvalorização econômica”, completa a entrevistada.

Izabel fala da sua experiência junto à JAC (Juventude Agrária Católica), a versão rural das urbanas JOC e JUC. E o livro “Alma Militante” traz conteúdos do interior nordestino, inclusive com receitas culinárias típicas do sertão.

A seleção de fotos é significativa e a mensagem final, inspiradora.

NO AR

A entrevista completa de Izabel Oliveira de Mendonça Bazzo está no site do Diário (www.dgabc.com.br), no “face” da “Memória” (endereço no cabeçalho da página) e no Youtube.

  

Crédito das fotos 1, 2 e 3 – Projeto Memória/divulgação

A MILITANTE. Izabel no estúdio do Diário, no final dos anos 60 com as colegas da JAC em Teofilândia (BA) e em 1996, discursando na inauguração da sede própria do Sindicato das Costureiras do Grande ABC, em Santo André: todos nós devemos escrever a nossa história, infelizmente são poucas as mulheres que têm essa oportunidade de escrever contando as suas experiências

DIARIO HÁ 30 ANOS

Quarta-feira, 29 de dezembro de 1993 – ano 36, edição 8582

MANCHETE – Relatório condena Ibsen Pinheiro (deputado). CPI do orçamento vai fazer arrastão.

GRANDE ABC – Prefeitos vão a Fleury (governador) para rever ICMS.

CULTURA & LAZER – Nair Lacerda, a mãe de todas as traduções. Residente em Santo André, a tradutora de “As Mil e uma Noites” e criadora da primeira biblioteca pública da cidade, chegava aos 90 anos.

Reportagem: Flavia Benvenga.

Grande ABC e Você

Os bailes do Réveillon, os cavalheiros de terno e gravata, as damas de longo. Tempos de elegância e glamour.

Pereira relembra: “Em 1976 convidei uma jovem para dançar. No final do ano estávamos unidos em matrimônio. E lá se vão 47 anos de união neste 30 de dezembro de 2023”. 

Produção e apresentação: José Carlos Pereira, que fez história na Publicidade do Diário. Consultora musical: Marilza Cunha Pereira, a jovem tirada num baile inesquecível. Amanhã, sábado, a partir das 7h da manhã. Rádio ABC AM (1570) e FM 81.9

EM 29 DE DEZEMBRO DE...

1953 – Convenção municipal em Santo André posicionava-se contra a carestia (inflação).

1973 – Cessna caia em São Bernardo e seus quatro ocupantes morrem.

Lojas Garbo venciam concurso de vitrines de Natal em São Bernardo; Drogan em segundo e Clipper em terceiro.

MUNICÍPIOS BRASILEIROS

Em 29 de dezembro fazem aniversário 43 municípios, entre os quais Avanhandava, no Estado de São Paulo.

Presépios, 800 anos

A obra de São Francisco de Assis - 10

A simplicidade do presépio e a leveza do papel. Autoras: professora Damiana e Geru Madeira (na foto), da capela Nossa Senhora Aparecida. Em exposição na Paróquia de Rio Grande da Serra.




Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


;