Esportes Titulo Faltam cinco anos
EC São Bernardo projeta competição nacional até o centenário

CEO do Cachorrão, Anderson Franciscon, fala sobre momento do clube e planos futuros

Por Cleber Ferrette
23/12/2023 | 07:00
Compartilhar notícia
Celso Luiz/DGABC


 O EC São Bernardo inicia sua caminhada no Campeonato Paulista da Série A-3 no dia 24 de janeiro. A expectativa da diretoria para este ano é a mesma que a dos torcedores: conseguir o acesso para a A-2. Em 2023, o clube bateu na trave e foi eliminado na semifinal para o Capivariano. “A gente está se dedicando ao máximo, trabalhando muito forte para isso. O EC São Bernardo já entra na A-3 vislumbrando o acesso”, faz questão de ressaltar o CEO do Cachorrão, Anderson Franciscon.

Ao Diário, o executivo de futebol falou que o ECSB vive um novo momento administrativo e que tem apostado forte nas categorias de base como forma de manter positiva a saúde financeira do clube. “Cada vez mais precisamos revelar jogadores e fazer com que sejam negociados com grandes clubes. Conseguimos resultados muito satisfatórios este ano com o nosso Sub-14 (5º lugar no Campeonato Paulista), bem como com os nossos Sub-15 e Sub-20 que ficaram entre as 16 melhores equipes do Estado. É um novo momento do EC São Bernardo, uma nova cara do Cachorrão”, afirma. 

Franciscon destaca que alguns jovens já estão sendo aproveitados no profissional e que certamente estarão no elenco do Paulista. “Nós fizemos um trabalho com o Sub-20 durante a Copa Paulista, demos oportunidade para alguns garotos e eles fizeram jogos de muito alto nível. Isso deu pra nós uma segurança de poder contar com esses garotos no nosso elenco profissional. Então, a gente tem uma base de atletas já com experiência e rodagem, mas, agora, também temos a filosofia de oportunizar os jovens da base também na equipe principal”. 

Para o centenário do clube, em 2028, o executivo revela um objetivo audacioso do Cachorrão. “É nosso desejo até o centenário colocar o time para disputar um campeonato nacional”, salienta se apoiando em um novo projeto de modernização administrativa do clube. “O EC São Bernardo tem conquistado credibilidade no mercado do futebol brasileiro. Já temos aqui atletas que vieram de clubes como Vila Nova, Botafogo-SP, Santos, Corinthians e Cruzeiro. Isso mostra o quanto esse projeto é sério. Esse processo é mérito total do nosso presidente Felipinho Cheidde, que foi visionário e acreditou nesse projeto maravilhoso de estruturação do clube e que vai dar grandes frutos”. 

Para 2024, o clube deve se transformar em SAF (Sociedade Anônima do Futebol), com o objetivo, segundo Franciscon, de seguir profissionalizando a gestão. O anúncio ainda não tem data para acontecer, mas o processo já está aprovado e praticamente finalizado.




Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


;