Política Titulo Alternativa
Vereador de Sto.André sugere Operação Delegada para os bombeiros

Projeto de Donetti busca remunerar profissional de folga para a poda e a remoção de árvores

Por Da Redação
04/12/2023 | 20:12
Compartilhar notícia
Divulgação


O vereador Rodolfo Donetti (Cidadania), de Santo André, apresentou projeto de lei que busca expandir para o Corpo de Bombeiros da cidade a Operação Delegada, atividade que permite ao policial de folga exercer a função de forma remunerada.

Intitulada Operação Delegada Bombeiros, a proposta tem como objetivo ampliar a atuação dos agentes em áreas estratégicas, com foco especial na poda e remoção de árvores.

A ideia, segundo Donetti, surgiu diante da dificuldade recente no Grande ABC com as fortes chuvas que provocaram quedas de árvore e interrupção de dias do fornecimento elétrico para vários bairros.

“Este projeto visa prevenir incidentes como os que testemunhamos nos últimos dias, onde as chuvas provocaram a queda de árvores, deixando nossos cidadãos sem energia por longas horas. A Operação Delegada Bombeiros é uma resposta concreta para garantir a segurança e o fornecimento ininterrupto de energia em nossa cidade”, pontuou Donetti.

O parlamentar ressaltou o preparo dos bombeiros militares para lidar com situações críticas, especialmente na poda de árvores sobre a rede elétrica e na fiscalização de áreas de risco. Ele destacou ainda a lacuna existente, muitas vezes, entre a capacidade da Prefeitura, pois não tem funcionários, e a responsabilidade da empresa competente, como no caso da Enel, para realizar as intervenções necessárias.

“A Prefeitura nem sempre dispõe dos recursos necessários e a Enel, embora seja a competente para realizar as podas, nem sempre cumpre essa responsabilidade. Com a Operação Delegada Bombeiros buscamos preencher essa lacuna, proporcionando uma resposta mais ágil e eficiente diante das situações de emergência”, afirmou.

O texto foi protocolado na Casa, mas só deve ser analisado em 2024, até porque as últimas sessões ordinárias estão marcadas para hoje e a proposta ainda não tramitou por todas as comissões necessárias.




Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


;