Setecidades Titulo Em São Caetano
Famílias perdem casas e pertences após chuva

Depois do desabamento de muros, moradores da Rua Antonieta foram alojados no Clube Gisela

Por Beatriz Mirelle
Do Diário do Grande ABC
03/12/2023 | 19:00
Compartilhar notícia
Celso Luiz/DGABC


Moradores da Rua Antonieta, altura do número 138, no Bairro Boa Vista, em São Caetano, perderam casas e pertences após a chuva de quarta-feira. Hoje, escombros, barro e itens domésticos ainda estavam espalhados. Segundo a vizinhança, no início da semana um cano de esgoto estourou e uma cratera apareceu em uma das casas da rua. Apesar disso, a Defesa Civil não interditou a área. Dois dias depois, a água da tempestade não tinha para onde escorrer, quebrou os muros e invadiu ao menos três outras casas. Alguns moradores foram alojados no Clube Gisela. Ninguém morreu. Pessoas prejudicadas pelo ocorrido contam com doação para se restabelecerem.

A casa da cuidadora Alcione da Silva, 47, desabou durante a chuva. “Na segunda-feira, tinha aberto uma cratera em uma das casas da rua e a Defesa Civil não mandou interditar, não falaram nada. Então, nós continuamos aqui. Na quarta-feira, formou tempo de chuva, minha filha escutou um barulho e logo já viu a água quebrando tudo. As paredes da minha casa estouraram. Perdi tudo, um dos meus 22 cachorros morreu”, lamenta. “A Prefeitura diz que cada casa vai receber um laudo e depois disso talvez teremos algum auxílio financeiro. Moro aqui minha vida inteira. Há 17 anos teve uma enchente. Dessa vez, o muro rompeu e estourou tudo. Até agora, o (José) Auricchio (prefeito de São Caetano) nem apareceu aqui.”

Ela, o marido e a filha estão dormindo na casa do filho de Alcione. Segundo a moradora, o respaldo que teve foi da equipe de zoonoses, que acolheu os cachorros que ela tem. “No primeiro dia, não tivemos nenhuma ajuda. (Em relação aos moradores), levaram o pessoal que não tinha onde ficar para um alojamento com moradores de rua, não tinha cabimento. Agora, que estão no Clube Gisela, as coisas ficaram mais organizadas.”

A aposentada Maria de Fátima, 64, relata que toda vez que chove, o cano da lavanderia dela entope, mas, dessa vez, a água foi tão forte que derrubou até a parede que separava o quintal dela da vizinha Alcione. “Eu perdi praticamente tudo. Fogão, geladeira, sofá, armários, comida, as panelas estão cheias de barro. Consegui salvar documentos porque a casa tem um andar mais alto. Estamos desde quarta-feira tentando limpar tudo porque, além de barro, é esgoto. Não dá para usar nada. Estou comendo só marmitex. Pedi pra eles (Prefeitura) nos darem pelo menos produto de limpeza. Até agora, nada. A minha geladeira é pesada, ela tombou com a força da água. Foi cerca de 40 minutos de chuva, mas demorou demais para abaixar a água. A parede caiu em cima da boca de esgoto. Meus cachorros ficaram no meio da água. Prefeitura diz que ainda vai avaliar essa situação.”

A Prefeitura de São Caetano entregou aos moradores um formulário com a relação dos documentos necessários para abertura do processo da Rua Antonieta sobre caso de perda total. Segundo orientação, os vizinhos devem ser encaminhados ao Cras (Centro de Referência da Assistência Social) do Bairro Nova Gerty. 

Questionada sobre o caso, a Prefeitura não respondeu o Diário até o fechamento desta reportagem.




Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


;