Política Titulo Ribeirão Pires
Câmara aprova orçamento de R$ 529 milhões para 2024

Proposta do prefeito Guto Volpi teve o aval de 16 dos 17 vereadores na sessão de ontem

Por Gabriel Rosalin
Especial para o Diário
01/12/2023 | 10:02
Compartilhar notícia
FOTO: Divulgação


Sem discussão do projeto, a Câmara de Ribeirão Pires aprovou a LOA (Lei Orçamentária Anual) para 2024, durante a sessão ordinária de ontem à tarde. A receita da Prefeitura, comandada por Guto Volpi (PL), está fixada no valor de R$ 529 milhões para o ano que vem. A verba prevista é 7,4% maior em relação ao orçamento vigente, estimado em R$ 492 milhões. 

Do mesmo modo que no ano passado, quando todos os vereadores votaram a favor, a força da base governista de Guto prevaleceu na Casa. Para o ano que vem, 16 dos 17 parlamentares de Ribeirão Pires votaram a favor do projeto – apenas Anderson Benevides (Avante) não teve voto registrado, já que não estava presente.

Vale lembrar que a Secretaria de Finanças e Administração apresentou a LOA no dia 21 de novembro para a Câmara. Contudo, assim como na sessão ordinária de ontem, a discussão sobre as diretrizes da peça orçamentária e distribuição da verba não foi aprofundada. 

Os setores com os maiores valores para 2024 serão a Secretaria de Saúde e Higiene e a Secretaria de Educação e Cultura, com R$ 141 milhões e R$ 135 milhões orçados, respectivamente. Outra área que pode ganhar atenção a mais do Paço é desenvolvimento urbano, verba estimada de aproximadamente R$ 73 milhões.

Além do orçamento para o ano que vem, a Câmara aprovou projeto que autorizou remanejamento de dotações orçamentarias entre secretarias e a suplementação orçamentária por “excesso de arrecadação,”

De acordo com a Prefeitura, o objetivo principal é cumprir as obrigações administrativas. “Administração não é estática, mas dinâmica, e novas situações exigem mobilidade para a execução de serviços ou soluções de problemas, se tornando imprescindível a readequação, através de remanejamento de dotações entre as Secretarias”, diz trecho da justificativa do projeto. 




Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


;