Esportes Titulo
Grêmio acorda no 2º tempo, vence de virada, rebaixa o Goiás e confirma vaga na Libertadores
Por
30/11/2023 | 21:05
Compartilhar notícia


Após um primeiro tempo abaixo, o Grêmio acordou na segunda etapa e venceu de virada o Goiás, por 2 a 1, nesta quinta-feira, na Arena do Grêmio, em Porto Alegre, pela 36ª rodada do Campeonato Brasileiro. O resultado rebaixou matematicamente o time goiano para a Série B do Campeonato Brasileiro de 2024 e confirmou os gaúchos pelo menos na Pré-Libertadores do ano que vem.

Com os três pontos, o Grêmio está na Libertadores. O time é o quinto colocado, com 62 pontos, um a menos que o Flamengo, que fecha o G-4 e a zona de classificação direta para a competição continental, e manteve a distância de sete pontos do Athletico-PR, faltando seis em disputa.

Enquanto o Goiás deu adeus à Série A. Com 35 pontos, os goianos não ultrapassam mais o Vasco, que soma 42 e é o primeiro time fora da zona de rebaixamento. O time se juntou ao Coritiba e América-MG, também com seus descensos confirmados.

Diante da torcida, o Grêmio até começou com mais posse de bola, mas era tímido no ataque. Sem conseguir triangulações, os donos da casa erravam passes e seguia sem efetividade, tirando aos poucos a paciência da torcida e do técnico Renato Gaúcho. A paciência acabou de vez quando Morelli venceu a disputa com Carballo, saiu cara a cara com o goleiro Caíque e abriu o placar para o Goiás, aos 27 minutos.

A irritação foi tanta, que o treinador sacou Everton Galdino de campo e acionou Ferreirinha. O atacante saiu bastante vaiado pela torcida. Sem conseguir penetrar na defesa adversária e sofrendo com a falta de criatividade, o Grêmio ainda viu Caíque fazer grande defesa e evitar o segundo tento do Goiás. Na reta final, os donos da casa esboçaram uma pressão, porém deixaram o campo sobre protestos dos torcedores.

A bronca no vestiário teve efeito imediato. Com quatro minutos, Suárez deu belo passe para Ferreirinha, que fintou o zagueiro e bateu colocado. Logo depois, aos 10, Cristaldo virou para o Grêmio. A defesa do Goiás deu bobeira, a bola sobrou para o argentino, que bateu firme no canto direito. Antes da virada, Caíque havia feito uma grande defesa, em cabeçada à queima roupa de Vinicius.

Com a vantagem, o time gaúcho começou a tomar conta da partida. Mais leve, o ataque conseguia triangular e chegava com perigo ao gol goiano. Nathan Fernandes saiu cara a cara, mas chutou em cima de Tadeu. Desesperado, Suárez estava livre na área. Já com o rival abatido, os donos da casa foram abaixando a intensidade. Na reta final, o time manteve a posse de bola no ataque e controlou o duelo até o apito final.

Pela penúltima rodada do Brasileiro, o Grêmio recebe o Vasco, no domingo, às 18h30, na Arena do Grêmio. No mesmo dia e horário, o Goiás visita o Fortaleza, na Arena Castelão, na capital cearense.

FICHA TÉCNICA

GRÊMIO 2 X 1 GOIÁS

GRÊMIO - Caíque; Fábio (Pepê), Bruno Alves, Kannemann e Reinaldo; Villasanti, Carballo (Gustavo Martins) e Cristaldo (Nathan); Nathan Fernandes (André), Luis Suárez e Everton Galdino (Ferreira). Técnico: Renato Gaúcho.

GOIÁS - Tadeu; Maguinho, Lucas Halter, Bruno Melo e Diego; Willian Oliveira, Morelli, Luís Oyama (Edu) e Guilherme Marques (Anderson Oliveira); Julián Palacios (Apodi) e Vinicius (Breno). Técnico: Mário Henrique.

GOLS - Morelli, aos 27 minutos do primeiro tempo. Ferreira, aos quatro minutos, Cristaldo, aos 10 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS - Carballo e Nathan Fernandes (Grêmio); Julián Palacios e Apodi (Goiás).

ÁRBITRO - Marcelo de Lima Henrique (CE).

RENDA - R$ 2.550.969,00.

PÚBLICO - 38.683 total.

LOCAL - Arena do Grêmio, em Porto Alegre (RS).




Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


;