Esportes Titulo
Conmebol organiza 'jogo das lendas' nos EUA e chama convidado inusitado; saiba quem é
Por
30/11/2023 | 16:41
Compartilhar notícia


A Conmebol decidiu chamar um convidado insólito para a partida festiva em que reunirá lendas do futebol sul-americano. Marcado para o dia 5 de dezembro, terça-feira da próxima semana, o "jogo das lendas", como é chamado, terá a presença do jamaicano Usain Bolt, considerado o maior velocista da história e detentor até hoje do recorde mundial dos 100 e dos 200 metros.

A lenda do atletismo, dono de oito ouros olímpicos, jogará com o número 9,58 em referência ao seu recorde mundial e fará parte da equipe comandada pelo técnico argentino José Pékerman.

O homem mais rápido do mundo será companheiro de Agüero, Carlos Valderrama, Gonzalo Higuaín, Maxi Rodríguez, Javier Zanetti, Mario Yepes, Fredy Guarín, Ronald Raldés, Diego Godín, Paulo da Silva, Justo Villar, Oscar Ustari, Ezequiel Lavezzi, Sebastián Abreu e Roque Santa Cruz.

A equipe adversária, treinada pelo colombiano Pacho Maturana, tem quatro brasileiros: Ronaldinho Gaúcho, Maxwell, Lúcio e Dida. Luis Hernández, Iván Zamorano, Marcelo Sala, Claudio Pizarro, Bryan Ruiz, Juan Arango, Patricio Urrutia, Carlos Salcido, Oswaldo Vizcarrondo, Jorge Campos e Jorge Valdivia são os outros integrantes da formação.

Não será a primeira experiência de Bolt nos gramados. Depois que se aposentou das pistas, o jamaicano chegou a defender o Central Coast Mariners, da Austrália, em 2018, mas não teve sucesso na empreitadas e parou de jogar no ano seguinte.

O evento será disputado às 20h (horário local), no DRV PNK Stadium, em Fort Lauderdale, Flórida, nos Estados Unidos, e é mais um jogo que reúne lendas do futebol internacional, prática que se tornou comum. Recentemente, Corinthians e Real Madrid estarão numa partida em alusão à final do Mundial de Clubes de 2000. E no dia 16 de dezembro, veteranos que fizeram história em São Paulo e Milan duelam no Morumbi, às 17h.

Confira a lista com todos os jogadores:

Brasil: Ronaldinho Gaúcho, Lúcio, Dida, Maxwell, Juliano Belletti;

Argentina: Sergio Agüero, Maximiliano Rodriguez, Oscar Ustari, Leonardo Ponzio, Javier Zanetti, Ezequiel Lavezzi, Gonzalo Higuaín;

México: Jorge Campos, Luís Hernández, Carlos Salcido;

Uruguai: Diego Godín, Diego Forlán, Sebastián "El Loco" Abreu;

Colômbia: Mario Yepes, Carlos Valderrama, Freddy Guarín;

Chile: Iván Zamorano, Marcelo Salas, Jorge Valdivia;

Paraguai: Justo Villar, Roque Santa Cruz, Paulo Da Silva;

Venezuela: Juan Arango, Oswaldo Vizcarrondo;

Bolívia: Ronald Raldes;

Peru: Claudio Pizarro;

Costa Rica: Bryan Ruiz;

Equador: Patricio Urrutia.




Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Mais Lidas

;