Setecidades Titulo Memória
Consciência. Luiz Gonzaga Piratininga Junior. José de Souza Martins. Um canto litúrgico... ...e uma série em Memória.

Data de 2003 a criação do dia oficial da Consciência Negra no Brasil, mas a lembrança desta luta é anterior no Grande ABC

Por Ademir Medici
Do Diário do Grande ABC
20/11/2023 | 08:00
Compartilhar notícia


Professor José de Souza Martins lançou dois livros sobre o tema, em 1988, no ano do centenário da libertação oficial dos escravos no Brasil – um sobre São Bernardo, outro sobre São Caetano.

O professor Martins foi também quem batalhou pela publicação do livro “Dietário”, obra do professor Luiz Gonzaga Piratininga Junior, descendente de negros escravos que viveram na região e que foi publicada pela Prefeitura de São Caetano dentro da série “Histórica”, dirigida pelo jornalista Aleksandar Jovanovic (ex-Diário).

Em 1988, a Igreja do Grande ABC divulgava um canto lembrando a luta dos escravos, gancho para uma série de matérias em cinco colunas aqui em “Memória”.

“Olha, vendido em leilão, moído em engenho, plantei meu suor. Olha, nos campos roçados, reguei com meu sangue meu sonho maior”.

São versos muito fortes, recitados e cantados nas missas, divulgados pelo livreto “ABC Litúrgico” e reproduzidos na íntegra na série aqui em Memória, 35 anos atrás.

“Memória” divulgou, também à época, uma ilustração idealizada por Rubens de Mattos Guimaro Filho, o Binho. É a mesma ilustração que reproduzimos hoje, obra-prima do nosso ex-colega de Redação

BIBLIOGRAFIA

A escravidão em São Bernardo, na Colônia e no Império. Autor: José de Souza Martins. Pastoral do Negro. Quilombo Regional do ABC. CEDI (Centro Ecumênico de Documentação e Informação. 1988.

A escravidão em São Caetano (1598-1871). Autor: José de Souza Martins. Associação Cultural, Recreativa e Esportiva Luís Gama. Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias da Construção e do Mobiliário de São Caetano. CEDI. 1988.

Dietário dos escravos de São Bento: originários de São Caetano e São Bernardo. Autor: Luiz Gonzaga Piratininga Junior. São Caetano, série Histórica. Direção: Alecksandar Jovanovic. Hucitec, 1991.

Crédito da foto 1 – Criação: Binho; ABC Litúrgico (20-3-1988)

RESISTÊNCIA. Olha, eu venho sofrido com todo oprimido cantar sem temor. Olha, que vem tempo novo trazer para o povo um dia melhor (canto litúrgico)

DIARIO HÁ 30 ANOS

Sábado, 20 de novembro de 1993 – ano 36, edição 8549

MAUÁ – A Câmara Municipal preparava-se para receber o primeiro projeto de lei de iniciativa popular do Grande ABC.

Doze mil assinaturas davam suporte a uma matéria que propunha o término do contrato da Prefeitura de Mauá com a Sabesp.

Em seu lugar, o projeto defendia a criação de um órgão autônomo de saneamento básico em Mauá.

RELIGIOSIDADE – Procissão motorizada conduzia a imagem de Santo André do bairro Paraíso para a sede da Sociedade Amigos de Vila Metalúrgica, em Utinga. Era a VII Festa do Padroeiro da cidade.

NOTA DA MEMÓRIA – Igreja do Grande ABC, Dom Pedro Carlos Cipollini, vamos reativar esta procissão tão bonita? O 30 de novembro, data do padroeiro de Santo André, se aproxima.

E SÃO BERNARDO – O 30 de novembro também é a data da emancipação de São Bernardo “do Campo”. Antigamente, uma festa. Hoje, o esquecimento.

Ano passado, apenas o então ex-secretário de Cultura, Adalberto Guazzelli, esteve na praça. O governo municipal simplesmente tem se esquecido da data maior da cidade.

E neste 2023, o 30 de novembro será novamente ignorado?

Vamos lá, gente. Professores do eterno Grupo Escolar Maria Iracema Munhoz, façam uma excursão até o busto de Wallace Simonsen. Convidem os profissionais do Centro de Memória para que contem a história do que foi o movimento de 1944. Convidem os pais de alunos a participar. 

É só atravessar a rua...

MEMÓRIA – Técnicos e artistas. A obra do italiano Oberdank Zamboni (1890-1963).

EM 20 DE NOVEMBRO DE...

1928 – Solenidade marcava o encerramento do ano letivo no Externado Padre Luiz Capra, atual Instituto Coração de Jesus, em Santo André.

A festa de 95 anos atrás teve a presença de dois párocos, os padres Augusto Rizzi e Carlos Porrini, ao lado do prefeito Saladino Franco.

1933 – Irmãos Corazza inauguravam a Tecelagem Bandeirantes, em São Bernardo, para a manufatura de tecidos de seda e tricoline. 

Os produtos destinavam-se à confecção de gravatas e guarda-chuvas. 

Desde 1919 a família Corazza mantinha uma serraria e fábrica de móveis na Rua Marechal Deodoro.

NOTA DA MEMÓRIA – O local da fábrica, já na Avenida Faria Lima, foi rodeado pelo progresso. 

Saudosistas, corram até lá. Daquele verdadeiro complexo erguido pelos Corazza, neste ano de 2023 resta um pavilhão – pequenino, é bem verdade.

1953 – Clube da General Motors celebrava o 18º aniversário.

NOTA DA MEMORIA – O General Motors EC tem uma história muito linda. A sede, na Avenida Goiás, marcou época. O clube aglutinava até que...

HOJE

Dia da Consciência Negra no Brasil

Dia de Zumbi dos Palmares, morto em 1694

Dia do Biomédico

Dia Mundial dos Direitos da Criança

Dia do Esteticista

Dia do Técnico em Contabilidade

Dia do Auditor Interno.

MUNICÍPIOS BRASILEIROS

No Estado de São Paulo, hoje é o aniversário de Auriflama, separado de General Salgado em 1954. 

Pelo Brasil, também aniversariam em 20 de novembro: Anguera (BA) e Ponte Branca (MT).

São Felix de Valois

20 de novembro

São Felix de Valois (França, Paris, 1127 – Cerfroid 1212). Padroeiro de Marabá, no Pará.

Foto: O Liberal, de Marabá (2022)




Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


;