Editorial Titulo Editorial
Inexplicável omissão
Por Da Redação
16/11/2023 | 09:06
Compartilhar notícia


É desconcertante observar a inércia da Artesp, a agência que, em tese, deveria fiscalizar cumprimento dos contratos de concessão das estradas paulistas, diante das alarmantes deficiências na manutenção das rodovias Anchieta e Imigrantes, que cortam o Grande ABC. Em plena sequência de feriados, quando a demanda nas vias sofre considerável pressão, a ausência de ações corretivas por parte da concessionária responsável, a Ecovias, torna-se ainda mais chocante. A negligência com as falhas existentes nestas importantes artérias rodoviárias não apenas compromete a segurança dos usuários, mas também levanta questionamentos sobre a eficácia do papel regulador desempenhado pelo Estado.

A deterioração nas condições das estradas, alvo de reportagem desta edição do Diário, não pode ser ignorada. A qualidade das rodovias, que deveria ser uma prioridade inquestionável para a agência reguladora, parece ser relegada a segundo plano, deixando os motoristas expostos a riscos desnecessários – telefones de socorro não funcionam e há árvore caída no acostamento! A ausência de ações imediatas para corrigir as falhas de manutenção levanta suspeitas sobre a capacidade da Artesp em garantir o cumprimento dos contratos de concessão, colocando em xeque a efetividade de seu papel no monitoramento da infraestrutura viária do estado. A quem o usuário deve recorrer?

O aumento substancial no fluxo de veículos durante os feriados, uma realidade previsível e recorrente, deveria incitar a Artesp a intensificar suas atividades de fiscalização. A aparente letargia diante dessa demanda sazonal suscita questionamentos sobre a capacidade de resposta e o comprometimento com a segurança viária por parte de quem tem o compromisso de zelar por ela. Em um momento em que a sociedade espera uma atuação proativa e preventiva, a falta de ação da agência diante da inépcia da Ecovias com a conservação do SAI (Sistema Anchieta-Imigrantes) não apenas decepciona, mas coloca em dúvida a eficácia do sistema de concessão rodoviária no Estado de São Paulo.




Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


;