Editorial Titulo Editorial
Morando vai à guerra
Por Da Redação
13/11/2023 | 08:48
Compartilhar notícia


 Orlando Morando (PSDB), prefeito de São Bernardo, declarou guerra – fiscal – aos municípios vizinhos do Grande ABC. Embora disfarçada, por ser administrativa e moralmente condenável, o chefe do Executivo são-bernardense tenta aumentar a receita do Paço recorrendo ao subterfúgio de desconto de 40% para convencer donos de automóvel que moram em outras localidades a emplacá-lo na cidade, ampliando assim a entrada de recursos via IPVA (Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores). O estratagema, explicado em reportagem nesta edição do Diário, é mais uma tentativa do tucano de evitar o colapso financeiro do município, mesmo que isso prejudique os demais<EM>

Ao adotar estratégias que envolvem a redução do valor do IPVA, Morando está comprometendo a receita pública e contribuindo para uma competição fiscal desleal entre cidades. Essa abordagem individualista não apenas fragiliza a capacidade dos governos municipais de fornecer serviços essenciais, como também promove uma distorção na arrecadação, enfraquecendo o sistema como um todo. Além, a guerra fiscal ignora os princípios da solidariedade e cooperação que deveriam orientar as relações entre os entes federativos. Demonstrando não ter espírito republicano, o são-bernardense age na contramão dos esforços nacionais de pôr fim às vantagens tributárias como forma de atrair receitas.

A abordagem do prefeito de São Bernardo cria ambiente propício à desigualdade fiscal, exacerbando as disparidades entre os municípios e prejudicando principalmente aqueles que não adotam tais práticas prejudiciais. Em última análise, a estratégia de Morando representa um desvio sério dos princípios fundamentais da responsabilidade fiscal e da cooperação federativa. Em vez de buscar soluções conjuntas e equitativas para os desafios enfrentados pelos municípios, o tucano está promovendo uma política que enfraquece o sistema tributário como um todo e prejudica o interesse público. Todavia, exigir senso de coletividade de político com espírito bélico como Morando é perda de tempo.




Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


;