Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 8 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Ministério Público discute metas para 2006 em audiência


Miriam Gimenes
Especial para o Diário

03/09/2005 | 09:48


A audiência do Ministério Público do Estado para discutir metas relativas à infância, terceira idade e proteção de áreas de mananciais contou com a presença de aproximadamente 300 pessoas. O encontro ocorreu sexta-feira no auditório do Cenforpe (Centro de Formação de Profissionais da Educação), em São Bernardo.

O procurador-geral de Justiça, Rodrigo Pinho, disse que a consulta popular é a melhor forma de construir o plano de metas para 2006 do MP. "É importante que a cúpula tenha conhecimento dos fatos através da própria população." Pinho explica que o Ministério Público pode cobrar, através de medidas e ações, um efetivo trabalho do Poder Executivo. "Nós temos o poder de exercer a ação penal contra os que violam a lei", completa. O importante, segundo ele, é selar uma parceria com as autoridades e estreitar o contato com a sociedade civil.

Dados do MP revelam que 79% das pessoas que já participaram das audiências públicas para a discussão das metas de 2006 acreditam que esse tipo de consulta é eficaz. Para o presidente da Febs (Federação das Entidades do Bem-Estar Social), Roberto Tanaame, a iniciativa leva os anseios da população às autoridades. "Isso deveria ocorrer anualmente para cobrarmos o que foi prometido e não concretizado." Até o final deste ano, o MP pretende realizar mais 13 audiências públicas em São Paulo.



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;