Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 13 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Nacional

nacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Jogos de RPG podem ser proibidos no Brasil


Do Diário OnLine

23/10/2001 | 11:08


Os jogos do tipo Rolly Play Games (RPG) podem ser proibidos no Brasil se as investigações sobre a morte da estudante Aline Silveira, 18 anos, no último dia 14, em Ouro Preto, Minas Gerais, apontarem que seu assassino agiu sob influência desses jogos.

O projeto da proibição partiu do Procurador da República em Minas, Fernando de Almeida Martins.

O corpo de Aline foi encontrado em cima de um túmulo, mutilado com 15 facadas, com os braços abertos horizontalmente e os pés sobrepostos, no cemitério da Igreja das Mercês.

A polícia interpretou a cena como uma alusão à crucificação e acredita que o assassino realizou um ritual de magia negra inspirado pelo jogo de RPG Advancer Danger Dragon.

Os investigadores entrarão em contato com a Polícia Internacional (Interpol) para saber se outros crimes foram inspirados pelo RPG.

Um psicólogo e um psiquiatra acompanharão o caso e serão incumbidos de estudar os detalhes do jogo e preparar um relatório que comprove ou não os danos psicológicos que o RPG pode causar ao jogador.

O Procurador da República afirmou que se for comprovado que o jogo influenciou psicologicamente o assassino, ele iniciará imediatamente o processo para a proibição do RPG em todo o Brasil.

Há cerca de dois anos, Martins entrou com uma ação civil pública para proibir um jogo de vídeo game que teria influenciado o estudante Mateus da Costa Meira a disparar aleatoriamente contra várias pessoas durante uma sessão de cinema, em São Paulo, há cerca de dois anos.

O RPG foi criado nos Estados Unidos, em 1974. De acordo com as regras do jogo, os participantes devem interpretar seus personagens, que vivem, em sua maioria, em um cenário fantasioso.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Jogos de RPG podem ser proibidos no Brasil

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, acesse com:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;