Política Titulo
‘O homem-forte do governo se chama Avamileno’, diz Siraque
Sérgio Vieira
Do Diário do Grande ABC
16/10/2007 | 07:59
Compartilhar notícia


O deputado estadual e pré-candidato a prefeito de Santo André Vanderlei Siraque (PT) disse apoiar a demissão de Maurici. “Não fui consultado nem para sua entrada nem para sua saída. Mas apóio a decisão do prefeito. Se não há mais confiança, ele tem o direito de trocar”, disse, sem entrar em detalhes.

O parlamentar negou que a exoneração tenha sido motivada por questão política. Para Siraque, o prefeito não retaliou Maurici pelo fato de ele ser um dos principais articuladores da pré-candidatura da vice-prefeita Ivete Garcia.

“Uma coisa não tem a ver com outra. Isso é uma questão interna da administração. Não exigi apoio de secretário nenhum. Só acho que eles devem respeitar o prefeito”, avaliou.

“Secretário é cargo de confiança do chefe do Executivo. Será que se o Avamileno escolhesse outra candidatura eles iriam reclamar? Acredito que não. Quem é o eleito é o prefeito. O secretariado é comissionado”, lembrou Siraque.

Também foi taxativo ao falar sobre o fato de o secretário de Governo ser considerado o homem-forte da administração. “O único homem-forte do governo de Santo André se chama João Avamileno.” Siraque ainda disse: “O prefeito sempre se posicionou e sempre teve as rédeas desse processo. O problema é que teve gente que não entendia dessa maneira”.

Questionado sobre o que achava de Maurici, Siraque foi econômico: “Cumpriu seu papel até quando teve a confiança do prefeito. Isso é normal em qualquer cargo comissionado.”

O deputado foi direto ao responder se a saída de dele não poderia estremecer a administração de Avamileno. “Todos os servidores públicos têm o seu papel. Sai um, entra outro e a vida continua. Ninguém é mais ou menos importante.”

MALATESTASiraque disse ter ficado satisfeito com o apoio do vereador Cláudio Malatesta à sua pré-candidatura. “É importante porque aumenta minha vantagem em relação aos demais pré-candidatos. Fiquei satisfeito.”



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


;