Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 20 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

‘Clarin’ destaca escândalo como motivo da licença



13/10/2007 | 07:07


“O presidente do Senado do Brasil, Renan Calheiros, deixou o cargo na noite de quinta-feira após arrastar uma crise que se prolongou por cinco meses, quando aflorou sua relação extraconjugal com uma ex-jornalista transformada em 'coelhinha' da capa da Playboy”, relata reportagem publicada na edição de sexta do diário argentino Clarín.

O jornal argentino comenta que se trata oficialmente de uma licença de até 45 dias, mas que “sua mensagem, gravada diante da TV, revelou que é uma saída sem retorno”.

Espanha - O caso também foi tema de uma reportagem publicada na edição online do jornal espanhol El País, que afirma que Renan “resistia como um leão a deixar o cargo, convencido de que uma vez que voltasse a ser um simples senador não poderia retomar o cargo e seria mais facilmente condenado”.


Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;