Fechar
Publicidade

Sábado, 24 de Agosto

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Dirigentes relembram Yitzahak Rabin em Oslo


Do Diário do Grande ABC

02/11/1999 | 13:30


Os dirigentes do Oriente Médio reunidos em Oslo lembraram nesta terça-feira o assassinato do primeiro-ministro israelense Yitzhak Rabin, em uma emotiva cerimônia na qual prometeram seguir os passos do ex-líder em direçao à paz na regiao.

O presidente dos Estados Unidos Bill Clinton; o primeiro-ministro israelense, Ehud Barak; e o líder palestino Yasser Arafat renderam uma homenagem a Rabin, assassinado por um judeu ultranacionalista em 4 de novembro de 1995, em meio a um encontro de cúpula realizado para lançar a etapa final do processo de paz do Oriente Médio.

Um dos oradores leu um poema de uma jovem israelense escrito pouco depois do assassinato de Rabin. A jovem Bat-Chen Shahak tinha 14 anos quando ocorreu o crime e ficou tao abalada que escreveu o poema para a viúva de Rabin, expressando seu pesar por "uma realidade torcida na qual a dor se entrelaça com o ódio". A mesma jovem morreu quatro meses depois, no dia de seu décimo-quinto aniversário, em conseqüência de um atentado explosivo realizado por militantes islâmicos decididos a pôr fim ao processo de paz.

Clinton comentou que Rabin, célebre por sua excessiva seriedade e pragmatismo, se mostraria impaciente diante de tal cerimônia: "Quase podemos escutá-lo dizendo: `Tudo isto está muito bom ,mas há trabalho a fazer``. Todos os participantes recordaram a coragem de Rabin e enfatizaram a necessidade de continuar com seu legado. Até Arafat, seu antigo arquiinimigo, se voltou a uma grande foto de Rabin e lhe fez uma saudaçao militar.

Leah Rabin, viúva do dirigente israelense, declarou: "Primeiro o atacaram com palavras, depois com tiros. Caiu sacrificado no altar da paz, em seu caminho rumo à Terra Prometida".



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Dirigentes relembram Yitzahak Rabin em Oslo

Do Diário do Grande ABC

02/11/1999 | 13:30


Os dirigentes do Oriente Médio reunidos em Oslo lembraram nesta terça-feira o assassinato do primeiro-ministro israelense Yitzhak Rabin, em uma emotiva cerimônia na qual prometeram seguir os passos do ex-líder em direçao à paz na regiao.

O presidente dos Estados Unidos Bill Clinton; o primeiro-ministro israelense, Ehud Barak; e o líder palestino Yasser Arafat renderam uma homenagem a Rabin, assassinado por um judeu ultranacionalista em 4 de novembro de 1995, em meio a um encontro de cúpula realizado para lançar a etapa final do processo de paz do Oriente Médio.

Um dos oradores leu um poema de uma jovem israelense escrito pouco depois do assassinato de Rabin. A jovem Bat-Chen Shahak tinha 14 anos quando ocorreu o crime e ficou tao abalada que escreveu o poema para a viúva de Rabin, expressando seu pesar por "uma realidade torcida na qual a dor se entrelaça com o ódio". A mesma jovem morreu quatro meses depois, no dia de seu décimo-quinto aniversário, em conseqüência de um atentado explosivo realizado por militantes islâmicos decididos a pôr fim ao processo de paz.

Clinton comentou que Rabin, célebre por sua excessiva seriedade e pragmatismo, se mostraria impaciente diante de tal cerimônia: "Quase podemos escutá-lo dizendo: `Tudo isto está muito bom ,mas há trabalho a fazer``. Todos os participantes recordaram a coragem de Rabin e enfatizaram a necessidade de continuar com seu legado. Até Arafat, seu antigo arquiinimigo, se voltou a uma grande foto de Rabin e lhe fez uma saudaçao militar.

Leah Rabin, viúva do dirigente israelense, declarou: "Primeiro o atacaram com palavras, depois com tiros. Caiu sacrificado no altar da paz, em seu caminho rumo à Terra Prometida".

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;