Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 21 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

economia@dgabc.com.br | 4435-8057

Para bancários, proposta da Fenaban é insuficiente


Luciele Velluto
Do Diário do Grande ABC

22/09/2007 | 07:02


Em reunião marcada de última hora após ameaças de greve, a Fenaban (Federação Nacional dos Bancos) apresentou uma nova proposta salarial para o Comando Nacional de Negociação na tarde de sexta-feira. A comissão, contudo, considerou a oferta insuficiente para a classe.

Segundo a Contraf-CUT (Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro filiado à Central Única dos Trabalhadores), a bancada patronal ofereceu apenas a correção da inflação como reajuste salarial, o equivalente a 4,82% de aumento.

Também foi apresentada como proposta de PLR (Participação nos Lucros e Resultados) o pagamento de 80% do salário mais parcela fixa de R$ 828, além de adicional de R$ 1.500. A oferta de abono é a mesma que foi concedida no ano passado e será acrescida apenas a inflação.

Para Vagner Freitas, presidente da federação, a proposta é insuficiente porque não considera o elevado crescimento da lucratividade dos bancos. Mesmo assim, reconhece que já é um avanço no processo de negociação, já que os bancos não haviam oferecido nada até sexta-feira.

Os dirigentes que compõem o comando reclamam que a proposta do setor patronal não contempla um aumento real de salário e foge das expectativas da categoria.

A reivindicação dos bancários é de um aumento salarial de 10,3%, além da maior divisão dos lucros das instituições financeiras através de abono e repartição dos ganhos com tarifas e serviços. A negociação das questões econômicas será retomada na segunda-feira.

Com isso, a plenária de terça-feira está cancelada, mas o calendário de assembléia e a possível greve estão mantidos.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;