Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 21 de Fevereiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Kerry é recebido em comício por Leonardo Di Caprio e Bon Jovi


Da AFP

14/08/2004 | 03:22


O candidato democrata à presidência dos Estados Unidos, John Kerry, foi recebido nesta sexta-feira em Portland (Estado do Oregon) por milhares de simpatizantes, incluindo o ator Leonardo Di Caprio e o cantor Jon Bon Jovi.

O senador Kerry concluiu em Portland a viagem eleitoral pelos Estados Unidos de ônibus e trem iniciada há duas semanas, logo após a convenção democrata de Boston. Na tradicionalmente democrata capital do Oregon, quase 50 mil pessoas se reuniram em um parque para ver o candidato.

Leonardo di Caprio apresentou o senador como um "ecologista". Segundo o ator, esta será "uma eleição muito importante para não se tomar partido". "Um ambiente mais limpo não sacrifica o crescimento econômico", avaliou.

"John Kerry reduzirá nossa dependência do ponto de vista do petróleo e tornará nossa energia mais limpa", acrescentou Di Caprio, de boné e com o nome de seu candidato preso na camisa jeans.

O democrata chegou em seguida, acompanhado de sua família, e passou por um mar de cartazes, com frases como "acreditar na América" ou "esperança à vista", para chegar a um pódio especialmente instalado no parque.

Trata-se do maior encontro popular do candidato desde o início de sua campanha. Nos últimos dias, os comícios reuniram entre duas mil e 10 mil pessoas. "Vocês estão prontos para trazer o bom senso de volta ao governo deste país? Vocês estão prontos para uma nova direção para os Estados Unidos? Porque John Edwards (candidato a vice) e eu estamos", frisou Kerry.

Retomando seu discurso de base, no qual defende a promoção da classe média e da cooperação internacional, o democrata prometeu "um presidente que lute tão duro pelos empregos de vocês quanto pelo dele" e "um presidente que acredite na ciência".

Jim Rassman, soldado salvo por Kerry no Vietnã durante um combate, também estava lá. "Eu não gostaria de ver meus filhos soldados sob as ordens deste comandante-em-chefe (presidente George Bush) das Forças Armadas", comentou.

A partir de sábado, John Kerry faz uma pausa de três dias na residência da família em Ketchum (Idaho), antes de partir na terça-feira para uma viagem de campanha de duas semanas, cujo ponto forte será a agenda econômica.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Kerry é recebido em comício por Leonardo Di Caprio e Bon Jovi

Da AFP

14/08/2004 | 03:22


O candidato democrata à presidência dos Estados Unidos, John Kerry, foi recebido nesta sexta-feira em Portland (Estado do Oregon) por milhares de simpatizantes, incluindo o ator Leonardo Di Caprio e o cantor Jon Bon Jovi.

O senador Kerry concluiu em Portland a viagem eleitoral pelos Estados Unidos de ônibus e trem iniciada há duas semanas, logo após a convenção democrata de Boston. Na tradicionalmente democrata capital do Oregon, quase 50 mil pessoas se reuniram em um parque para ver o candidato.

Leonardo di Caprio apresentou o senador como um "ecologista". Segundo o ator, esta será "uma eleição muito importante para não se tomar partido". "Um ambiente mais limpo não sacrifica o crescimento econômico", avaliou.

"John Kerry reduzirá nossa dependência do ponto de vista do petróleo e tornará nossa energia mais limpa", acrescentou Di Caprio, de boné e com o nome de seu candidato preso na camisa jeans.

O democrata chegou em seguida, acompanhado de sua família, e passou por um mar de cartazes, com frases como "acreditar na América" ou "esperança à vista", para chegar a um pódio especialmente instalado no parque.

Trata-se do maior encontro popular do candidato desde o início de sua campanha. Nos últimos dias, os comícios reuniram entre duas mil e 10 mil pessoas. "Vocês estão prontos para trazer o bom senso de volta ao governo deste país? Vocês estão prontos para uma nova direção para os Estados Unidos? Porque John Edwards (candidato a vice) e eu estamos", frisou Kerry.

Retomando seu discurso de base, no qual defende a promoção da classe média e da cooperação internacional, o democrata prometeu "um presidente que lute tão duro pelos empregos de vocês quanto pelo dele" e "um presidente que acredite na ciência".

Jim Rassman, soldado salvo por Kerry no Vietnã durante um combate, também estava lá. "Eu não gostaria de ver meus filhos soldados sob as ordens deste comandante-em-chefe (presidente George Bush) das Forças Armadas", comentou.

A partir de sábado, John Kerry faz uma pausa de três dias na residência da família em Ketchum (Idaho), antes de partir na terça-feira para uma viagem de campanha de duas semanas, cujo ponto forte será a agenda econômica.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;