Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 2 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Sombra: Jobim tomou decisão precária, diz promotor de Sto.André


Do Diário OnLine

15/07/2004 | 12:24


O promotor Amaro José Tomé Filho, de Santo André, afirmou nesta quinta-feira, em entrevista à rádio CBN, que o ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Nelson Jobim tomou uma decisão “precária e atabalhoada” ao conceder liminar garantindo a libertação do empresário Sérgio Gomes da Silva, o ‘Sombra’, detido há sete meses sob a acusação de ser um dos mandantes do seqüestro e assassinato do prefeito andreense Celso Daniel.

A soltura de Sombra é esperada para esta tarde. Segundo o SPTV, da Rede Globo, um carro já o aguarda na Penitenciária de Itapetininga, interior de São Paulo - o presídio em que Gomes da Silva estava era mantido sob sigilo.

O STJ (Superior Tribunal de Justiça) também se manifestou em favor da liberação imediata de Sombra. Antes das duas vitórias seguidas em instâncias superiores, Sérgio Gomes da Silva sofreu quatro reveses no TJ/SP (Tribunal de Justiça de São Paulo) e no próprio STJ. Em seu despacho, Jobim disse que a prisão de Sombra não se justifica.

Para Tomé Filho, a soltura de sombra, no mínimo, preocupará as testemunhas do caso. “Isso nos deixa muito preocupados. É uma decisão precária de uma pessoa que sequer analisou o processo. foi tomada de forma atabalhoada, segundo o nosso entendimento, e deve ser revista. Isso intranqüiliza as testemunhas que irão depor a partir da próxima semana”, disse o promotor. Segundo ele, seis pessoas ligadas ao caso morreram de forma estranha.

Ainda segundo Tomé Filho, outro perigo é o fato de Sérgio Gomes da Silva ter uma personalidade "desvirtuada" e não possuir endereço fixo, o que seria um indicativo de tendência à fuga. O promotor lembrou que, quando foi decretada a prisão do empresário, a polícia não o encontrou em nenhum dos sete endereços que ele havia fornecido.

“Ele ameaçou sim testemunhas e tem personalidade desvirtuada. Tanto que ele foi incluído em uma outra denuncia por formação de quadrilha. Há informações de que ele andava armado e a soltura é um risco para o andamento do processo’, continuou Tomé Filho.



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;