Fechar
Publicidade

Sábado, 4 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Prisão de dona de creche depende de inquérito, diz juiz


Bruno Ribeiro
Do Diário do Grande ABC

05/05/2007 | 07:11


O juiz da 2ª Vara Criminal de São Bernardo, Rogério Alcazar, informou sexta-feira que o inquérito criminal que investiga a prática de estelionato pelos donos do Lar Vida e Esperança, falsa creche da região do Riacho Grande, não depende apenas das ações dele. O processo ainda está em fase de investigação. A dona da casa, Maria Aparecida Cordeiro, ainda não foi acusada. Entretanto, o juiz não pode dar detalhes do caso pois o inquérito corre sob sigilo de Justiça.

Alcazar disse também que o fechamento da casa cabe à Vara Civil da cidade, especificamente à Vara da Infância e da Juventude. A Promotoria obteve desde novembro do ano passado liminar determinando a dissolução da entidade. Mas a casa onde o Lar Vida e Esperança funciona nunca foi lacrada.

O promotor da Infância e da Juventude de São Bernardo, Jairo Edward de Luca, foi procurado para explicar porque a creche não estava lacrada. Sua assessoria informou que ele comentará o assunto na segunda-feira.

A mãe de três dos cinco menores encontrados pelo Conselho Tutelar na creche apareceu sexta-feira para retirar seus filhos – de 1, 3 e 5 anos. Ela é moradora de Santo Amaro, na Capital, e disse que deixava as crianças na creche pois não tinha condições de sustentá-los. As crianças foram devolvidas à mulher.

Maria Aparecida Cordeiro tem uma outra entidade funcionando clandestinamente no mesmo bairro de origem da mãe das crianças. Na Capital, ela também está proibida de abrigar menores.



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;