Fechar
Publicidade

Domingo, 23 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

nacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Coordenador da Funasa no MA continua refém de índios Guajajaras


Da Agência Brasil

20/01/2005 | 23:48


O coordenador regional da Funasa (Fundação Nacional de Saúde) no Maranhão, Zenildo Oliveira, e mais quatro funcionários do órgão – um médico, dois enfermeiros e um motorista – permanecem há mais de 24 horas como reféns de índios Guajajaras, da aldeia Bananal na região de Grajaú no Maranhão.

Na terça-feira, em reunião na aldeia Morro Branco para tratar de assuntos de interesse da comunidade indígena, Oliveira se desentendeu com o cacique Raimundo Guajajara. Ao lado de outros índios, o cacique seqüestrou o coordenador com a intenção de garantir recursos médicos para sua tribo.

Segundo o superintendente da Polícia Federal no Maranhão, Francisco Leônidas Gomes da Silva, os reféns deverão permanecer na aldeia até o final da negociação com a Funasa e com a Funai (Fundação Nacional do Índio). Os índios Guajajaras contam com o apoio de integrantes das aldeias de Amarante, Montes Altos, Sítio Novo e Grajaú.



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;