Fechar
Publicidade

Domingo, 8 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Bento XVI pede uma divisão mais eqüitativa de riquezas


Da AFP

16/06/2005 | 10:29


O papa Bento XVI pediu nesta quinta-feira uma "divisão mais eqüitativa das riquezas do planeta" e "mais solidariedade entre os países e os continentes", em uma audiência concedida a novos embaixadores de sete países credenciados na Santa Sé.

"Nosso coração não pode ficar em paz enquanto vemos irmãos sofrendo por falta de comida, trabalho, teto e bens fundamentais", afirmou o papa, em sua saudação aos diplomatas do Azerbaijão, Guiné, Malta, Nova Zelândia, Ruanda, Suíça e Zimbábue.

"A terra tem capacidade para alimentar todos seus habitantes sob a condição de que os países ricos não guardem para si o que pertence a todos", alertou Bento XVI. Na tradicional audiência-geral das quartas-feiras, o Sumo Pontífice convidou os católicos a orar pelos países humilhados.

"Sabemos quantos países são humilhados atualmente e são vítimas de países arrogantes. Oremos por eles", disse, sem citar o nome dos países aos quais países se referia.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Bento XVI pede uma divisão mais eqüitativa de riquezas

Da AFP

16/06/2005 | 10:29


O papa Bento XVI pediu nesta quinta-feira uma "divisão mais eqüitativa das riquezas do planeta" e "mais solidariedade entre os países e os continentes", em uma audiência concedida a novos embaixadores de sete países credenciados na Santa Sé.

"Nosso coração não pode ficar em paz enquanto vemos irmãos sofrendo por falta de comida, trabalho, teto e bens fundamentais", afirmou o papa, em sua saudação aos diplomatas do Azerbaijão, Guiné, Malta, Nova Zelândia, Ruanda, Suíça e Zimbábue.

"A terra tem capacidade para alimentar todos seus habitantes sob a condição de que os países ricos não guardem para si o que pertence a todos", alertou Bento XVI. Na tradicional audiência-geral das quartas-feiras, o Sumo Pontífice convidou os católicos a orar pelos países humilhados.

"Sabemos quantos países são humilhados atualmente e são vítimas de países arrogantes. Oremos por eles", disse, sem citar o nome dos países aos quais países se referia.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;