Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 2 de Junho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Vítima reconhece agressor na rua e avisa polícia


Do Diário do Grande ABC

06/12/2004 | 21:06


“Foi uma coincidência, obra de Deus. Só pode ser”. Foi assim que a operadora de caixa Gabriela (nome fictício), 28 anos, explicou o fato de ter se deparado, por acaso, com o jovem Cleiton Rodrigues, 18, que ela acusa ter roubado seu dinheiro e tentado violentá-la na noite de quinta-feira passada, em Santo André. Gabriela saía de um consultório médico na manhã de sábado quando reconheceu o suposto agressor, que era abordado por policiais na rua Coronel Alfredo Fláquer, no Centro. Ela estava a caminho do 1º DP para registrar boletim de ocorrência.

“Estava com muita dor no braço e fui ao ortopedista. Lá, me aconselharam a registrar a ocorrência porque ele poderia tentar agredir outras mulheres. Quando me dei conta, o cara estava na minha frente, até com a mesma roupa”, contou. Nervosa, Gabriela ligou imediatamente para o marido. “Ele me disse para chamar o policial de canto e fazer a denúncia.”

Segundo a polícia, Cleiton Rodrigues foi abordado porque comerciantes da Perimetral afirmam que, na companhia de um garoto menor, ele tentava extorquir os lojistas para não assaltá-los “de verdade, com arma na mão”. Domingo, depois de passar a noite na delegacia, o acusado foi encaminhado à cadeia. Ele vai responder processo por roubo e atentado violento ao pudor.

Gabriela conta que saía do trabalho, pouco antes da meia noite, quando foi interceptada por Rodrigues, em uma das passarelas. da  Perimetral.“Ele mostrou a arma, disse que era assalto. Dei os R$ 30 reais que tinha na carteira. Ele tentou me agarrar e por pouco não aconteceu o pior. Um senhor passou e gritou para ele me deixar em paz”, afirmou.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Vítima reconhece agressor na rua e avisa polícia

Do Diário do Grande ABC

06/12/2004 | 21:06


“Foi uma coincidência, obra de Deus. Só pode ser”. Foi assim que a operadora de caixa Gabriela (nome fictício), 28 anos, explicou o fato de ter se deparado, por acaso, com o jovem Cleiton Rodrigues, 18, que ela acusa ter roubado seu dinheiro e tentado violentá-la na noite de quinta-feira passada, em Santo André. Gabriela saía de um consultório médico na manhã de sábado quando reconheceu o suposto agressor, que era abordado por policiais na rua Coronel Alfredo Fláquer, no Centro. Ela estava a caminho do 1º DP para registrar boletim de ocorrência.

“Estava com muita dor no braço e fui ao ortopedista. Lá, me aconselharam a registrar a ocorrência porque ele poderia tentar agredir outras mulheres. Quando me dei conta, o cara estava na minha frente, até com a mesma roupa”, contou. Nervosa, Gabriela ligou imediatamente para o marido. “Ele me disse para chamar o policial de canto e fazer a denúncia.”

Segundo a polícia, Cleiton Rodrigues foi abordado porque comerciantes da Perimetral afirmam que, na companhia de um garoto menor, ele tentava extorquir os lojistas para não assaltá-los “de verdade, com arma na mão”. Domingo, depois de passar a noite na delegacia, o acusado foi encaminhado à cadeia. Ele vai responder processo por roubo e atentado violento ao pudor.

Gabriela conta que saía do trabalho, pouco antes da meia noite, quando foi interceptada por Rodrigues, em uma das passarelas. da  Perimetral.“Ele mostrou a arma, disse que era assalto. Dei os R$ 30 reais que tinha na carteira. Ele tentou me agarrar e por pouco não aconteceu o pior. Um senhor passou e gritou para ele me deixar em paz”, afirmou.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;