Tecnologia Titulo
Finanças e redes sociais: quais apps devem ser os mais seguros
Da Redação
Do 33Giga
04/05/2023 | 13:55
Compartilhar notícia


Último estudo da Appdome, plataforma de automação de defesa cibernética para aplicativos, chamado “Expectativas do consumidor brasileiro sobre segurança de aplicativos móveis”, mostrou que os brasileiros usam de 1 a 10 aplicativos por dia, em média.

Quer saber tudo sobre Universo Sugar? Clique aqui e compre o e-book O Guia dos Sugar Daddy & Sugar Babies por apenas R$ 10

Indo além, quando se trata de uso de um grande número de apps diariamente, os consumidores do Brasil superaram significativamente os seus equivalentes em outros países.

Por exemplo, o número de brasileiros que usam de 11 a 20 aplicativos móveis diariamente é 7% maior do que os consumidores globais. Ainda, o número dos nativos do País que usam mais de 20 aplicativos diariamente é 33% maior do que os outros ao redor do planeta.

Quer ficar por dentro do mundo da tecnologia e ainda baixar gratuitamente nosso e-book Manual de Segurança na Internet? Clique aqui e assine a newsletter do 33Giga

Outras descobertas relevantes foram feitas pelo relatório da Appdome. Quando perguntados sobre quais apps deveriam ser os mais seguros, 31.7% dos entrevistados afirmaram que apps de serviços financeiros devem contar com maior nível de segurança, enquanto 28.4% pensam o mesmo sobre apps de carteiras digitais e 27.9% sobre apps de redes sociais.

Os brasileiros que usam apps também compartilham outros receios. O estudo mostrou que os maiores medos dos usuários no país são serem hackeados ou vítimas de fraudes. 61,3% dos consumidores classificaram o hacking como seu maior medo, o que é 22,4% maior em comparação aos consumidores globais.

De acordo com a Appdome, quase 50% dos brasileiros escolheram a fraude como o seu maior medo. Por fim, outro risco apareceu significamente no resultado da pesquisa respondida, com 17,9% dos entrevistados elegendo malware no seu dispositivo como o maior medo.

Analistas da Appdome explicam que os usuários no Brasil são muito experientes no que diz respeito a segurança de aplicativos em seus celulares, prevenção de fraude e defesa contra malware, sejam eles usuários de Android ou iOS. Para eles, apps protegidos são parte central da experiência ao utilizá-los.

“Os brasileiros utilizam bastante apps em sua rotina, logo, esperam que eles contem com alto nível de segurança cibernética. Obversamos, inclusive, que marcas que correspondem a essas expectativas saem na frante quando se trata de ter preferência, fidelidade e defesa por parte dos consumidores”, explica Tom Tovar, especialista em cibersegurança e CEO da Appdome.

Outros dados da pesquisa corroboram com as descobertas da empresa de cibersegurança mobile sobre o perfil dos usuários de apps brasileiros. Por exemplo, os apps superaram os outros canais digitais e se tornaram o meio preferido da população ao comprar, contribuir e interagir com as marcas.

Com 90,3%, a maioria dos consumidores respondeu que se sente confortável usando apps ao invés de canais web. Da mesma forma, 35,9% disseram que se sentem “extremamente confortáveis” fazendo compras em apps, número 58,1% superior ao dos consumidores globais. Aqueles que declararam preferir usar seu computador ou outros canais web em vez de apps foi apenas 8,9%, 44,4% inferior em comparação com o número global.

“A popularidade dos aplicativos no Brasil é impressionante, principalmente após a pandemia, onde o distanciamento social acelerou a digitalização das marcas e a adoção de apps para realizar diversas tarefas cotidianas. Os usuários se acostumaram a comprar com poucos toques e, embora isso traga praticidade, eles necessitam e exigem grande nível de segurança cibernética, até para pedir um hambúrguer”, conclui o CEO da Appdome.

Metodologia

A pesquisa “Expectativas do consumidor brasileiro sobre segurança de aplicativos móveis” contou com respondentes de todo o espectro demográfico, incluindo usuários de Android e iOS, diferentes gerações, gêneros e origens econômicas. Para os relatórios completos ou específicos do país, visite: https://www.appdome.com/global-consumer-mobile-app-security-survey/.




Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


;