Fechar
Publicidade

Sábado, 4 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Câmara sugere bolsa da Imes para alunos de São Caetano


Beto Silva
Do Diário do Grande ABC

02/05/2008 | 07:02


Os vereadores de São Caetano querem garantir que todos os alunos de nível superior da cidade estudem gratuitamente na Universidade Imes. “A Câmara vai tomar providências. Isso nós vamos conseguir, em breve”, acredita Jorge Salgado (PTB), que fez indicação para que a Prefeitura possa efetivar as bolsas de estudos integrais.

Salgado observa que os universitários não conseguem custear os estudos devido ao alto valor das mensalidades. “Muitos ficam sem estudar, acarretando grave ociosidade.”

A concessão de gratuidade para todos os alunos do município também é defendida pelo vereador Gilberto Costa (PP). De acordo com o parlamentar, existem duas possibilidades para efetivar o projeto: uma seria o Executivo destacar 2% do orçamento (de R$ 669 milhões, em 2008), pois a administração pode remanejar 100% da verba; e a outra teria de modificar o convênio com a universidade, que atualmente prevê destinação de 3% de bolsas para o total de matrículas. Em troca, a faculdade utiliza o Complexo Esportivo Lauro Gomes de Almeida.

“Já estamos em conversas com a Prefeitura e a concessão das bolsas, dentro da lei (aluno morador de São Caetano, não-repetente e sem matéria em dependência), poderá ser concretizada.”

O presidente da Casa, Paulo Bottura (PTB), ressalta que a universidade tem de resgatar seus princípios, de oferecer ensino de qualidade a custos acessíveis aos estudantes. O petebista enfatiza que a instituição apresenta uma das mensalidades mais caras entre as faculdades da região. “A autarquia tem de buscar alternativas em prol do alunado, e não visar crescimento físico e financeiro.”

O oposicionista Edgar Nóbrega (PT) compartilha com a opinião dos governistas. “A Imes perdeu sua principal vocação, de ensino e pesquisa. O trabalho tem de focar o incentivo à inteligência.”

A Universidade Imes possui 7.000 estudantes, sendo 2.000 residentes na cidade. Cerca de 70% recebem bolsa, porém a maioria tem desconto de 25% na mensalidade.



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;