Economia Titulo
Taxa anual do CPI na OCDE desacelera a 10,3% em novembro
10/01/2023 | 08:16
Compartilhar notícia


A taxa anual de inflação ao consumidor (CPI, pela sigla em inglês) dos países que integram a Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) voltou a desacelerar em novembro de 2022, a 10,3%, à medida que a pressão dos custos de energia diminuiu, segundo comunicado divulgado pela OCDE nesta terça-feira.

Como resultado, o CPI anual da OCDE voltou em novembro ao nível de agosto, depois de atingir 10,7% em outubro.

Apenas os preços de energia subiram 23,9% em novembro ante igual mês de 2021, depois de avançarem 28,1% no confronto anual de outubro. A taxa de inflação de energia em novembro foi a mais baixa desde setembro de 2021, detalhou a OCDE.

No G-7, que reúne as sete maiores economia do mundo, a taxa anual do CPI recuou de 7,8% em outubro para 7,4% em novembro. No G20, a taxa ficou em 9% em novembro, ante 9,5% no mês anterior.




Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


;