Fechar
Publicidade

Domingo, 17 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Seleção encara o Sevilla ‘em casa’


Das Agências

06/09/2005 | 08:13


O amistoso desta terça-feira entre Brasil e Sevilla terá ares de partida do Campeonato Espanhol. A seleção, que pisará no gramado do estádio Ramon Sanchez Pizjuan, às 17h (horário de Brasília, com transmissão de TV Cultura e Sportv), conta com cinco atletas de atuam na Espanha e costumeiramente enfrentam o Sevilla. Este número poderia ser maior se o técnico Carlos Alberto Parreira não devolvesse o volante Renato para seu clube e Ronaldo não fosse cortado do grupo por causa de uma lesão na coxa direita. O Brasil também conta com um futuro espanhol, pois o lateral-direito Cicinho já assinou com o Real Madrid, mas só deixará o São Paulo depois do Mundial de Clubes da Fifa, em dezembro.

Júlio Baptista, por exemplo, defendeu o Sevilla até a última temporada antes de transferir-se para o Real Madrid. Já Ricardo Oliveira atua no Betis, time também de Sevilla. No caso de Robinho, o atacante nunca jogou no estádio Ramon Sanchez Pizjuan, mas há 15 dias faz parte do elenco do Real. Parreira também contará com o reforço de Ronaldinho Gaúcho, do Barcelona, que teve de cumprir suspensão na goleada sobre o Chile por ter acumulado três cartões amarelos nas Eliminatórias e, assim, ficou de fora do amistoso com a Croácia no último dia 17 – mesma situação do zagueiro Roque Júnior (Bayer Leverkusen).

O único espanhol que segue como dúvida é Roberto Carlos, do Real. O lateral-esquerdo reclamou de dores no joelho durante a partida contra o Chile, foi substituído e pode ser poupado terça-feira.

Mas outros brasileiros estarão em campo. Do lado do Sevilla. Além de Renato, a equipe espanhola conta em seu elenco com Luís Fabiano e os menos badalados e conhecidos Adriano e Daniel. Por isso, convidou a seleção para festejar seu centenário em grande estilo: quer bater os pentacampeões do mundo e único país a disputar todas as copas.

O jogo também será uma boa oportunidade para ver Luís Fabiano em ação. O atacante sumiu depois que deixou o Morumbi. Esteve no Porto, de Portugal, mas não deu certo. E agora tenta recuperar o tempo perdido na Espanha. Luís Fabiano deve olhar para o elenco da seleção com aperto no coração, pois ele era a primeira opção de Parreira para a reserva no ataque. Na Copa América, vacilou e perdeu espaço para Adriano. E agora também para Robinho. Assim, dificilmente, volta ao grupo para disputar a Copa do Mundo da Alemanha.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;