VIVIA JANDO Titulo VIVIA JANDO
Feliz ano novo, de novo. Parte 2
Por Rodermil Pizzo
19/12/2022 | 13:03
Compartilhar notícia


Em continuidade à coluna anterior...

Em 2022, a fábrica “internet” nunca produziu tantos conteúdos para o bem e para o mal. Todavia, as más notícias prevaleceram. As fakes atrapalharam a tudo e a todos, prejudicando a recuperação financeira e criando vários momentos de pânico e até histeria coletiva.

Recordam-se dos gafanhotos que acabariam com as plantações?

Varíola do macaco prometia uma nova hipermídia e isolamento social.

Greves e paralisações. Foram tantas convocações que nos perdemos em saber quais data, categoria que estaria liderando e, acima de tudo, motivação. Passamos o ano em estado de alerta sobre manifestações.

Golpes. Nunca a equipe de golpistas esteve tão ativa. Golpes de amor, das falsas agências de viagens, do Pix, da máquina de cartão de crédito e até a da venda de ovos por R$ 10 mil à dúzia se propagou.

Sequestros. Este tema voltou com tamanha força que o Brasil hoje lidera o ranking mundial de pessoas encarceradas por novos e inexperientes bandidos.

A confusão é tanta que o brasileiro, em sua maioria cristão, clama: “Jesus, volte logo!” Curiosamente, os cristãos querem duas coisas: as voltas de Cristo e das forças armadas. Pedidos tão incoerentes entre si.

Uma distração para os brasilis são os realities shows. Até estes, em 2022, sucumbiram às mudanças. A Rede Record foi a primeira emissora a criar um reality de MMA dentro de uma fazenda. E o mundo está tão confuso que a mesma emissora transmitia toda baixaria protagonizada por subcelebridades e, logo após, o capítulo especial da novela Moisés.

Desviando o um pouco o texto, Edir Macedo agora tem dois desafetos: Andressa Urach que quer os bens de volta, doados em momento de delírio, e Deolane Bezerra, a “adevogada” – sim, isso mesmo, ela se identifica como “adevogada” e não advogada. E nesta confusão, eu estou torcendo pela briga.

Voltando para ao foco, Elon Musk compra o Twitter, demite todo mundo e na sequência abre o Koo, o mesmo do mesmo. Remake ou retrofit? Já vimos isso antes, um multimilionário que sai comprando tudo e depois se descobre que está falido.

Por onde anda Eike Batista? Responsável pela destruição do famoso Hotel Glória, no Rio?

O Brasil este ano foi o maior celeiro de famosos anônimos, todo mundo seguindo os conselhos de quem não tem o que aconselhar.

Bom, pelo menos tem os feriados de Natal e Ano-Novo para dar um up no turismo. Todavia, serão nos sábados e domingos, ou seja, vamos fechar o ano sem as famosas filas dos pedágios, sem feriados prolongados e sem os hotéis e quiosques lotados.

Continua...

Rodermil Pizzo é doutorando em Comunicação, mestre em Hospitalidade e colunista do Diário, da BandFMBrasil e do Diário Mineiro.




Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


;