Fechar
Publicidade

Domingo, 17 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

São Paulo enfrenta a Ponte pela Libertadores


Do Diário do Grande ABC
Com Agências

29/11/2003 | 22:40


Apenas três pontos separam o São Paulo de uma das vagas da Libertadores do ano que vem. A equipe, que está em terceiro lugar na tabela de classificação do Brasileiro, com 74 pontos, enfrenta neste domingo a Ponte Preta, no Moisés Lucarelli, em Campinas (18h). No time do interior, porém, o objetivo é outro. Com 46 pontos e na 21ª colocação, a Macaca aposta na vitória para se distanciar da zona de rebaixamento.

Jogar a Libertadores se tornou a verdadeira obsessão no elenco tricolor. A última vez que isso aconteceu foi há dez anos, quando o time foi derrotado nos pênaltis na final contra o Vélez Sarsfield, em pleno estádio do Morumbi.

O técnico Roberto Rojas não terá o zagueiro Jean e o atacante Luís Fabiano, suspensos. Edcarlos e Diego Tardelli entram na equipe. Rojas também promoveu duas alterações táticas: Adriano e Carlos Alberto deram lugar a Gallo e Marco Antônio.

No lado da Ponte Preta, o único desfalque é Marquinhos, suspenso. Carlos Alexandre entra em seu lugar. O meia/atacante Roger, com dores musculares, e o meia Piá, retornando de suspensão, ficarão na reserva.

A Ponte tem diversas motivações para encarar a partida com afinco. A principal delas é um débito com a própria torcida, uma vez que existe um longo período de jejum de vitórias em casa. São dez jogos disputados, com quatro derrotas e seis empates, num total de 144 dias.

Em relação ao São Paulo, não ganha desde 1999, embora só disputasse três jogos com o tricolor. Foram dois empates e uma derrota. O curioso é que os dois times não se enfrentam em Campinas desde o dia 3 de março de 2001, quando empataram em 2 a 2.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

São Paulo enfrenta a Ponte pela Libertadores

Do Diário do Grande ABC
Com Agências

29/11/2003 | 22:40


Apenas três pontos separam o São Paulo de uma das vagas da Libertadores do ano que vem. A equipe, que está em terceiro lugar na tabela de classificação do Brasileiro, com 74 pontos, enfrenta neste domingo a Ponte Preta, no Moisés Lucarelli, em Campinas (18h). No time do interior, porém, o objetivo é outro. Com 46 pontos e na 21ª colocação, a Macaca aposta na vitória para se distanciar da zona de rebaixamento.

Jogar a Libertadores se tornou a verdadeira obsessão no elenco tricolor. A última vez que isso aconteceu foi há dez anos, quando o time foi derrotado nos pênaltis na final contra o Vélez Sarsfield, em pleno estádio do Morumbi.

O técnico Roberto Rojas não terá o zagueiro Jean e o atacante Luís Fabiano, suspensos. Edcarlos e Diego Tardelli entram na equipe. Rojas também promoveu duas alterações táticas: Adriano e Carlos Alberto deram lugar a Gallo e Marco Antônio.

No lado da Ponte Preta, o único desfalque é Marquinhos, suspenso. Carlos Alexandre entra em seu lugar. O meia/atacante Roger, com dores musculares, e o meia Piá, retornando de suspensão, ficarão na reserva.

A Ponte tem diversas motivações para encarar a partida com afinco. A principal delas é um débito com a própria torcida, uma vez que existe um longo período de jejum de vitórias em casa. São dez jogos disputados, com quatro derrotas e seis empates, num total de 144 dias.

Em relação ao São Paulo, não ganha desde 1999, embora só disputasse três jogos com o tricolor. Foram dois empates e uma derrota. O curioso é que os dois times não se enfrentam em Campinas desde o dia 3 de março de 2001, quando empataram em 2 a 2.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;