Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 20 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Turismo

turismo@dgabc.com.br | 4435-8367

Na terra do IÊ-IÊ-IÊ


Heloísa Cestari
Do Diário do Grande ABC

09/08/2007 | 07:04


Berço dos Beatles, das raízes do futebol e de um dos mais importantes portos da Europa durante o século XVII, Liverpool está em festa. No próximo dia 28, a cidade assopra as velinhas dos seus 800 anos de história embalada por uma vasta programação.

Mais de 300 eventos se estenderão até o fim do ano, entre concertos, conferências, mostras de arte, passeios turísticos, apresentações teatrais e, como não poderia deixar de ser, muito rock’n’roll. Não bastasse tamanha celebração, a terra do iê-iê-iê ainda foi eleita Capital da Cultura Européia 2008. Ou seja, outra batelada de espetáculos aguarda os visitantes no ano que vem.

Entre os destaques deste caldeirão – ou melhor, piscina – cultural, estão os festivais Mathew Street Music, que será realizado nos próximos dias 26 e 27, em diversos palcos espalhados pela cidade; o Free Eclectica, que oferecerá neste sábado um mix gratuito de bandas das mais variadas vertentes musicais, na Victoria Square; e a exposição de flores Southport Flower Show, que costuma receber 80 mil pessoas por ano no Victoria Park, dia 16.

Festas comunitárias também prometem tomar conta de todos os bairros na véspera do aniversário do município. E no dia 22, o Creamfields 2007 trará os sons de Chemical Brothers, Groove Armada, Kelis, Mark Ronson (Live), Carl Cox, Erick Morillo e 2 many DS’s!.

O evento mais aguardado pelos beatlemaníacos, no entanto, é a tradicional International Beatles Week Festival, semana dedicada ao legado da famosa banda de Liverpool, com um incansável repertório de covers, entre os dias 22 e 28 de agosto.

Mas nem só de música e mitos vive a cidade. É claro que o apelo beatle é forte, desde a chegada no Aeroporto Internacional John Lennon até pontos que seriam pouco expressivos não fosse o estigma que carregam por terem sido eternizados em composições da banda, como o subúrbio de Penny Lane e o terreno que inspirou a canção Strawberry Fields Forever. Isso sem falar no lendário Cavern Club, que parece manter o espírito do rock’n’roll imantado em suas paredes.

Outros pontos turísticos, no entanto, mostram que Liverpool já fazia história muito antes de John, Paul, George e Ringo despontarem para o megaestrelato. A começar pelo rio Mersey, de cujas margens nasceu a cidade, em 1207, fruto de um pequeno povoado.

Além de alavancar a economia britânica, suas águas servem hoje para passeios de ferry e visitas a navios históricos, alguns deles dos tempos da guerra. O tour fluvial – iniciado por monges 800 anos atrás – dura dez minutos, com embarque no píer Head, declarado Patrimônio da Humanidade pela Unesco (Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura) em 2004.

PORTO

De frente para o Mersey, Albert Docks enaltece a grandeza do porto como centro comercial. Diversos prédios históricos foram transformados em museus, como o Marítimo e o Beatles Story, que utiliza recursos audiovisuais para recontar a história dos quatro rapazes de Liverpool.

Inauguradas em 1846 pelo príncipe Albert, as docas também abrigam um sem-número de barzinhos, cafés, restaurantes, pubs e estúdios de TV.

Tudo para mostrar que a terra dos Beatles não vive apenas do passado. Pelo contrário: sua vida noturna pulsa em constantes transformações, que se intensificaram com a eleição da cidade para Capital da Cultura Européia.

Nas palavras de Peter Smith, “as pessoas podem ver que Liverpool está mudando para melhor. Mas o maior desafio está em mudar a percepção de quem vem de fora”. Por isso, é bom correr para aproveitar esta nova fase de efervescência musical antes que ela amorne novamente. Afinal, como disse um dia John Lennon, “a vida é aquilo que acontece enquanto você está ocupado fazendo planos.”


Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;