Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 15 de Agosto

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

A vez do diesel


Do Diário do Grande ABC

05/08/2022 | 08:24


A Petrobras iniciou ontem aguardado movimento de redução no valor do custo do óleo diesel no Brasil – acompanhando tendência já consolidada em gasolina e etanol. A direção da petrolífera, controlada pelo governo federal, anunciou corte de 3,5% na tabela de venda do combustível nas refinarias, onde o litro cairá R$ 0,20 a partir de hoje, passando de R$ 5,61 para R$ 5,41. Nas bombas do Grande ABC, onde o consumidor final vai abastecer, o preço deve reduzir R$ 0,18, chegando a R$ 7,11 em média, de acordo com estimativa do Setcesp (Sindicato das Empresas de Transportes de Carga de São Paulo e Região). Trata-se de bom começo, a ser festejado, mas é preciso mais.

O anúncio da Petrobras ocorre um dia depois da decisão do Copom (Comitê de Política Monetária) do Banco Central de aumentar a taxa básica de juros para 13,75% ao ano. A Selic tem sido essencial para segurar o encarecimento do custo de vida dos brasileiros. Assim como teria de ocorrer com o diesel, grande vetor inflacionário em País que se movimenta sobre asfalto e queimando combustível. Daí ser extremamente importante que a petrolífera estatal seja sensível à causa e integre os esforços dos demais setores do Brasil para domar o dragão. A companhia deve respeito às leis do mercado, já que comercializa ações em bolsa, mas não pode deixar de ter olhar voltado aos interesses estratégicos nacionais.

Com Caio Paes de Andrade no comando, desde o fim de junho, a Petrobras finalmente parece estar alinhada ao pensamento do presidente da República, que tem trabalhado incansavelmente para reduzir os custos dos combustíveis no Brasil, buscando aplacar a explosão motivada por fatores externos à administração, como o surgimento da pandemia do novo coronavírus, há quase três anos, e, mais recentemente, o conflito bélico entre Rússia e Ucrânia. Ontem, em evento com membros da Convenção Geral das Assembleias de Deus no Brasil, em Guarulhos, Jair Bolsonaro (PL) prometeu seguir gerando “boas notícias” sobre preços dos derivados do petróleo. Que assim seja! O País agradece. 



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;