Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 9 de Agosto

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

economia@dgabc.com.br | 4435-8057

Bolsas de NY sobem, em meio a avaliações sobre dados dos EUA e ata do Fed



06/07/2022 | 17:15


Os mercados acionários de Nova York registraram ganhos, nesta quarta-feira, 6, sem muito impulso. Investidores avaliaram indicadores e também a ata da mais recente reunião de política monetária do Federal Reserve (Fed, o banco central americano), enquanto entre os setores do S&P 500 o de energia esteve mais pressionado, em nova jornada de queda para o petróleo.

O índice Dow Jones fechou em alta de 0,23%, em 31.037,68 pontos, o S&P 500 subiu 0,36%, a 3.845,08 pontos, e o Nasdaq teve alta de 0,35%, a 11.361,85 pontos.

Na agenda de indicadores, o índice de gerentes de compras (PMI, na sigla em inglês) composto dos Estados Unidos recuou de 53,6 em maio a 52,3 em junho, segundo a S&P Global. Apenas no setor de serviços, houve queda de 53,4 a 52,7, na mesma comparação, ante previsão neste caso de 51,4 dos analistas ouvidos pelo Wall Street Journal. Já na leitura do Instituto para Gestão da Oferta (ISM, na sigla em inglês), o PMI de serviços do país caiu de 55,9 em maio a 55,3 e junho, mas melhor que a previsão de 54,0 dos analistas.

O relatório JOLTS, por sua vez, mostrou que a abertura de postos de trabalho recuou a 11,254 milhões em maio. Segundo o Morgan Stanley, o JOLTS é mais uma evidência de desaceleração no mercado de trabalho. Mas o banco diz não haver evidência de "colapso", no quadro atual.

O Fed, por sua vez, voltou a lançar foco sobre a inflação elevada, em sua ata. Caso as expectativas para os preços aumentem mais, o BC americano afirmou que agirá rápido para conter o quadro, reafirmando a intenção de levar a inflação à meta de 2%.

Nas bolsas, o quadro de altas modestas prevaleceu em boa parte do dia, sem impulso. Além do setor de energia, o financeiro esteve sob pressão, enquanto concessionárias e tecnologia estiveram entre as maiores altas. Entre alguns papéis importantes, Amazon subiu 0,73%, Apple ganhou 0,96% e Microsoft, 1,28%, com Alphabet em alta de 1,16%. Boeing, por outro lado, recuou 1,01%, Chevron teve baixa de 1,32% e ExxonMobil, de 1,80%. Tesla fechou em baixa de 0,57% e General Motors caiu 3,40%.



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;